PRF prende homem com mais de 2.600 aves silvestres em Floriano, PI

Os animais seriam levados de Barão de Grajaú e vendidos em Regeneração.

384
Foram encontradas mais de 1.200 aves no veículo do suspeito (Foto: Divulgação / Polícia Rodoviária Federal)
Foram encontradas mais de 1.200 aves no veículo do suspeito (Foto: Divulgação / Polícia Rodoviária Federal)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) efetuou a prisão de um homem identificado pelas iniciais Z.F.S. por tráfico de animais no final da noite dessa quinta-feira (17). O acusado foi apreendido transportando ilegalmente 2.641 aves silvestres em automóvel. Os animais saíram de Barão de Grajaú (MA) e posteriormente seriam vendidos em Regeneração (PI).

De acordo com informações da PRF, os agentes abordaram Z.F.S. que estava conduzindo um veículo no momento. Ao revistarem o interior do automóvel e o porta-malas, foi encontrada grande quantidade de pássaros silvestres da fauna brasileira em péssimas condições.

O condutor afirmou que se tratava de aproximadamente 1.200 aves presentes no carro, mas a contagem do Ibama foi de 2641 pássaros. A maior parte dos animais correspondia a espécie Sporophila nigricollis (papa-capim) e havia uma unidade da espécie Cacicus cela (xexéu). Ele também relatou que os pássaros foram pegos no Maranhão e seriam comercializados em fazendas no município de Regeneração (PI).

PRF prende homem em Floriano por traficar pássaros silvestres (Foto: Divulgação / Polícia Rodoviária Federal)
PRF prende homem em Floriano por traficar pássaros silvestres (Foto: Divulgação / Polícia Rodoviária Federal)

Os pássaros serão encaminhados ao Ibama para que retornem ao habitat natural de forma segura. A ocorrência foi encaminhada à Policia Civil de Floriano (PI), para que sejam tomadas as medidas legais cabíveis.

Combate ao tráfico de animais

Neste ano de 2017 a PRF já apreendeu 2.674 animais silvestres vivos transportados ilegalmente nas rodovias federais do Piauí. Na tarde dessa quarta-feira (16), a PRF apreendeu 3 pássaros sendo transportados ilegalmente em Teresina.

Fonte: Via Agora

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.