PT Funchal veterin 0 H

Proibição de abate de animais abandonados aprovada por todos os partidos em Funchal, Portugal

Iniciativa apresentada pelo PCP terá ainda de ser discutida na especialidade

Por Miguel Fernandes Luís

PT Funchal veterin 0

O projecto de decreto regional da autoria do grupo parlamentar do PCP que “proíbe o abate de animais de companhia na Região Autónoma da Madeira” foi aprovado, esta manhã, na generalidade, por todos os partidos na Assembleia Legislativa da Madeira.

A deputada Sílvia Vasconcelos (PCP) defendeu que o abate não resolve o problema do abandono dos animais e garantiu que a opção do abate e incineração tem custos superiores a qualquer programa de esterilização.

Todos os partidos aprovaram o diploma mas PSD e CDS sugeriram o seu “aperfeiçoamento” e requereram a sua análise e alteração em sede de comissão de especialidade, o que acabou por ser aprovado, por um prazo de 10 dias.

Curiosamente, a aprovação desta iniciativa mereceu aplausos por parte de uma dezena de cidadãos defensores dos direitos dos animais, que assistia aos trabalhos na galeria dos visitantes.

Fonte: Dnotícias (Portugal) / mantida a grafia original 

Nota do Olhar Animal: O extermínio de animais para controle populacional não é eficaz e seus custos são altos, sim, ação tomada por funcionários públicos incompetentes. Mas a questão principal sobre o extermínio é que ele não é justo. 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.