Espaço foi liberado para uso na semana passada (Crédito: Hermes C. Reich / Divulgação / CP

Projeto de Castração de Sapiranga (RS) busca erradicar o abandono de animais

Já está em funcionamento a sala cirúrgica do Projeto de Castração do município de Sapiranga. Liberado na semana passada pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul, o espaço contou com investimentos de R$ 40 mil e possui monitor multiparâmetro, que acompanha a frequência cardíaca, respiratória e temperatura do animal, aparelho de anestesia inalatória com ventilador mecânico e um aspirador cirúrgico.

As castrações realizadas no local são destinadas aos animais de estimação de famílias de baixa renda. As cirurgias seguem um calendário: neste mês, atende os moradores do bairro Morada São Luiz; em julho, serão as famílias do bairro Amaral Ribeiro, seguidas da Vila São Paulo, em agosto. De acordo com a prefeitura, as ações visam erradicar o abandono de animais no município.

Os cadastros para as famílias interessadas são feitos sempre na Unidade Básica de Saúde dos bairros. São castrados até dois animais por família, na faixa etária de 6 meses a 7 anos de idade. Para castrações de cães de rua e comunitários, o cadastro deve ser realizado por meio dos grupos protetores de animais com sede na cidade.

Fonte: Correio do Povo via R7

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.