Proprietário acusado de maus-tratos em pet shop não foi à delegacia em Curitiba, PR

Proprietário acusado de maus-tratos em pet shop não foi à delegacia em Curitiba, PR

O proprietário de um pet shop, no bairro Boa Vista, em Curitiba, que foi acusado de maus-tratos a alguns animais durante atendimento, não compareceu na Delegacia de Meio Ambiente da Polícia Civil para assinar o termo circunstanciado. Ele deveria se apresentar nesta sexta-feira (23).

Segundo informações apuradas pelo portal Massa News, o advogado do acusado informou à polícia que seu cliente vai se apresentar na próxima semana. Ele é suspeito de maus-tratos e deve responder a um processo judicial pelo crime.

O vídeo das agressões aos cachorros viralizou nas redes sociais.

O portal Massa News tentou contato com o proprietário do estabelecimento, mas ele não atendeu as ligações.

Atualização

O advogado Mauricio Tsakiris Maia, que defende o proprietário do pet shop, conversou com o portal Massa News e disse que o cliente vai prestar todos os esclarecimentos à polícia. Além disso, reforçou que o acusado sempre teve uma vida idônea. “Ele está no ramo há 16 anos, nunca teve problemas nesse sentido. Ele conquistou títulos nacionais e internacionais na área e não será um vídeo, conseguido de forma ilegal, que vai manchar a imagem dele”, finalizou o advogado.

Por William Bittar

Fonte: Massa News


Nota do Olhar Animal: Nota-se que o advogado está bastante preocupado em desqualificar a prova. Até porque não há como justificar as agressões. Obtida legal ou ilegalmente, o vídeo é prova cabal de que elas ocorreram.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.