Protetores e ativistas se unem para protestar contra a eutanásia de animais no CCZ de Guarujá, SP

Protetores e ativistas se unem para protestar contra a eutanásia de animais no CCZ de Guarujá, SP

Amanhã, às 14 horas, na Praça dos Expedicionários, na Praia de Pitangueiras, em Guarujá está marcado um protesto contra a morte de sete animais e da exoneração da veterinária Juliana Ferreira do Centro de Controle de Zoonoses.

Há relatos, que a veterinária Juliana Ferreira foi exonerada por não concordar em atuar na eutanásia de alguns cães, que segundo o direitor do CCZ, estavam com cinimose. Acontece, que segundo relatos de protetores, um gato também foi eutanasiado. Gatos não são cometidos por cinomose, que é uma doença predominantemente de cachorros.

Carlos Eduardo, direitor do CCZ, afirma também que a exoneração de Juliana Ferreira se deu por discordâncias administrativas. Existe um abaixo assinado para que haja a readmissão da veterinária. Assista ao vídeo AQUI.

Abaixo a foto dos animais eutanasiados:

Por Erika Bismarchi

Fonte: 6 Patas


Nota do Olhar Animal: O protesto estava agendado para o dia 3 de novembro. De qualquer forma, vale registrar a situação no CCZ e a manifestação dos ativistas.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.