Foto DM/Isabella Westphalen

Quase 500 animais vivem em abrigos em Carazinho, RS

Tirados do abandono das ruas de Carazinho, quase 500 animais, entre cães e gatos, sobrevivem através do trabalho de entidades protetoras. As duas que fazem o maior número de acolhimentos são a Associação Carazinhense de Proteção aos Animais (Acapa) e a Associação Protetora de Animais São Francisco de Assis (Apasfa). De acordo com a coordenadora da Apasfa, Nazir Salomão, ações que colaborem com as entidades são extremamente importantes, pois conseguem arrecadar, especialmente, alimento para os animais.

“Toda colaboração faz diferença, com certeza, porque todos os dias nós pegamos animais, as pessoas largam os bichinhos e nós acolhemos”, comentou Nazir, que revelou também que a entidade está sempre precisando de ajuda. Atualmente, está sendo realizada a venda de rifas, para o pagamento de uma dívida, da qual a entidade tomou conhecimento ainda nesta semana e que precisa de uma resolução até o próximo dia 20. “Nós atendemos cerca de 130 animais, é bastante. Então, precisamos resolver esse problema, estamos concentrando todos os nossos esforços nisso agora”, complementou a coordenadora.

A voluntária da Acapa, Carolina Arnold, informa que a Associação cuida, atualmente, de 350 animais, sendo cães no abrigo e gatos em lares temporários. “Eles consomem 70kg de ração por dia, então, nossa maior necessidade hoje é pela alimentação”, ressaltou a voluntária, que acredita que se as ONG’s de proteção animal não existissem, os animais abandonados estariam totalmente desamparados e o caos instaurado na cidade. “Haveria total descontrole da população de cães e gatos nas ruas”, exemplificou, salientando a importância de manter as entidades.

A Acapa e a Apasfa estão entre as entidades a serem beneficiadas através da Cãominhada, ação que será realizada nos próximos dias e pede como forma de inscrição e colaboração, ração, em qualquer quantia.

O encontro

A “Cãominhada” irá acontecer na próxima sexta-feira, dia 18, a partir das 16h, com saída em frente à PetShop Reino Animal – Rua Primeiro de Maio, 34, Centro – e tem como pré-requisito para participação a inscrição e doação de ração. Não há uma exigência mínima de quantidade, qualquer quantia é bem vinda. As rações arrecadadas serão divididas entre a Acapa a Apasfa e alguns protetores de animais independentes.

Aqueles que, na inscrição, levarem 15kg de ração, irão ganhar uma camiseta da Cãominhada e um comedouro para o seu pet. É tradicional que no encontro as pessoas levem seus bichinhos de estimação e interajam, conversem, se divirtam e, acima de tudo, divulguem a causa animal. Se chover, o evento será transferido para o próximo domingo, 25.

Fonte: Diário da Manhã

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.