Local contará com sala cirúrgica para castração de animais (Foto: Secom/Prefeitura)

Reforma de Unidade de Vigilância de Zoonoses vai oferecer novo serviço de castração de animais em Andradina, SP

Após ter assinado em abril o contrato de execução de reforma na estrutura da parte operacional da Unidade de Vigilância de Zoonoses, a prefeita Tamiko Inoue esteve visitando as instalações para conferir de perto toda a benfeitoria que o setor irá receber, acompanhada do Secretário de Saúde, Marcelo Gimenez.

Tamiko pode ver de perto que a obra que engloba reforma e reconstrução das instalações também receberá a construção de uma sala onde funcionará a ala cirúrgica para castração de animais, obedecendo aspectos sociais da família.

“Quero parabenizar a todos que participaram deste processo até chegarmos aqui e dizer da nossa satisfação por conseguirmos reformar este setor responsável pelo controle e a vigilância de casos de saúde pública. E ainda mais com a conquista de uma sala cirúrgica de castração, um grande avanço para o município”, comentou a prefeita.

A execução da obra no valor de R$ 147 mil em recursos próprios, que será acompanhada Secretaria de Obras e Infraestrutura do Governo de Andradina, tem o prazo de aproximadamente 90 dias. A empresa vencedora do processo licitatório foi Concresp Empreendimentos Imobiliários Ltda-EPP, no ato da assinatura representada por, Bruno Ferreira Crespi.

“E o mais importante é que teremos a ação de prevenção na propagação de doenças como a leishmaniose ampliada”, disse o secretário da de Saúde, Marcelo Gimenez, ao lembrar também da Lei da Posse Responsável, pois o setor de Zoonoses recolhe apenas cães e gatos com leishmaniose confirmada, suspeita de raiva ou alguma zoonose.

Gimemez explica que existem leis e diretrizes que precisamos seguir, como por exemplo, a Lei Federal 13.426/2017, que estabelece critérios para a castração, inclusive o atendimento prioritário para os animais de famílias de baixa renda, o que chamamos de critério social.

Ele destaca ainda a Lei de Posse Responsável, criada em 2016 no município que garante o bem estar do animal de estimação sob inteira responsabilidade de seus donos.

“A reforma da Unidade e adequação do local será de grande utilidade tanto para o conforto e bem estar dos funcionários bem como dos animais recolhidos”, completa Gimemez ressaltando também a recente conquista do Castramóvel, pela bancada do MDB, que está em processo de liberação de emenda parlamentar do deputado federal Ricardo Izar.

A equipe da Unidade de Vigilância de Zoonoses é formada pelo Dr. Aziz abdelnour (responsável técnico), o coordenador Diogo Sampaio de Almeida e os agentes, Manoel, Marco Gomes, Marcos Mathias, Sérgio Alves, Wagner Ramos, João Carlos Pereira, Luis Carlos Aquino e ainda os motoristas, Atalício de Oliveira e Marco Alves.

Fonte: Hoje Mais

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.