Reformado, Canil Municipal de Macapá (AP) terá centro cirúrgico para castrações

Entregue neste sábado (6), espaço foi criado para castrar e controlar superpopulação de animais. Previsão é que serviço funcione em 90 dias. Canil também fará imunização permanente contra raiva e tratamento especializado de cães.

866
Canil Municipal de Macapá tem centro cirúrgico; procedimentos devem iniciar em 90 dias (Foto: Fabiana Figueiredo/G1)

O Canil Municipal de Macapá, reinaugurado na manhã deste sábado (6), no distrito da Fazendinha, a 9 quilômetros da capital, começará a ofertar castração de animais, forma de controle da superpopulação de cães assim como prevenção de algumas doenças. Aguardando instrumentos, a previsão é que o serviço funcione em 90 dias.
Reformado, o canil continua com a capacidade para atender 40 cães simultaneamente em três espaços, e agora tem posto de vacinação permanente, canil individualizado, campanhas de adoção de animais atendidos no local, além do centro cirúrgico.

“A vacinação antirrábica agora terá uma sala de vacinação específica, futuramente teremos castração com uma recuperação mais rápida, e continuamos com atendimento de denúncias de maus tratos. Tem também um canil onde o animal fica 10 dias em observação após apresentar alguma sintomatologia nervosa”, disse a responsável técnica do canil, a veterinária Pâmela Semblano.

Canil Municipal de Macapá tem capacidade para atender 40 cães (Foto: Fabiana Figueiredo/G1)

Para combater a superpopulação de animais em situação de rua, o prefeito de Macapá, Clécio Luis Vieira, comentou que o canil fará parte de uma rede que envolve uma unidade de controle de zoonoses, que também atenderá ao Parque Zoobotânico.

“Do gerenciamento do Canil, a gente vai poder instalar uma base avançada na Zona Norte, tudo isso provisório enquanto a gente constrói a nossa unidade municipal de zoonoses para tratar a política de forma mais ampla, com ênfase em animais domésticos e também com a clínica veterinária do parque, por exemplo. Com isso, a gente começa a construir a política municipal de controle de natalidade desses animais”, explico o prefeito.

Trabalho do Canil Municipal será em conjunto com ONGs que resgatam animais (Foto: Fabiana Figueiredo/G1)

O serviço de carrocinha não é mais realizado pelo canil. O recolhimento de cães é feito em casos específicos, quando o animal oferece risco à população ou é portador de doença. Os resgatados, nestes casos, poderão ficar de quarentena em um local reservado para tratamento individual. A instituição também fará feiras de doação de animais, em parceria com ONGs.

Durante o período em que ficou em reforma, o canil continuou ofertando controle da raiva e de outras doenças transmissíveis ao homem, com as campanhas de vacinação. A imunização será feita de forma permanente, funcionando das 8h às 13h.

O prédio foi fechado em setembro de 2016, após mais de 10 anos sem reforma. O espaço, que têm atividades desde 1985, precisou receber reparos infraestruturais para dar segurança aos cães e funcionários.

A reforma do Canil Municipal foi feita com recursos do Ministério da Saúde, no valor de R$ 96,7 mil e contemplou o conserto da estrutura, instalações elétrica e hidráulica, reparos e adaptação de salas.

Canil Municipal de Macapá fica na rodovia JK, no distrito da Fazendinha (Foto: Fabiana Figueiredo/G1)

Por Fabiana Figueiredo

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.