Santuário cresceu mais de 18 vezes e elefantas engordaram 500kg em um ano

1011
Santuário cresceu mais de 18 vezes e elefantas engordaram 500kg em um ano
Santuário cresceu mais de 18 vezes e elefantas engordaram 500kg em um ano

Maia e Guida, as duas primeiras – e por enquanto únicas – habitantes do Santuário de Elefantes de Chapada dos Guimarães, MT, chegaram à nova casa há pouco mais de um ano, dia 11 de outubro de 2016. Hoje, elas já engordaram, juntas, mais de 500kg, e a área que ocupam passou de um para 18 hectares. Todas essas informações foram divulgadas na última sexta-feira (1), em uma matéria do jornalista Roberto Kaz para o site da Revista Piauí.

O Santuário de Elefantes Brasil, localizado em Chapada dos Guimarães, foi criado pela publicitária Junia Machado. Sua preocupação com estes animais é antiga e, após muita pesquisa, em parceria com a ONG Elephant Voices e com o Santuário do Tenessee, ela encontrou uma área de 1100 hectares, onde quer abrigar 50 animais resgatados de situações adversas na América do Sul.

Na matéria da Piauí, Roberto conta as novidades que obteve com o americano Scott Blais, diretor-técnico do Santuário: “Voltei a falar com Blais por telefone na semana passada. Neste último ano, ele contou, a área disponível para Maia e Guida havia crescido de meio para 18 hectares (cada hectare equivale a um campo de futebol). A notícia ruim era que, por falta de licença – e possivelmente de verba –, elas ainda eram as duas únicas elefantas a morar no Santuário. A chegada de um novo elefante depende de um longo procedimento legal junto ao governo do estado”, diz o jornalista.

O Santuário de Elefantes vive totalmente de doações de empresas e de pessoas físicas, não há dinheiro público. Além disso, o Santuário conseguiu, junto à Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA), todas as licenças ambientais para funcionar.

Por Isabela Mercuri

Fonte: Olhar Direto

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.