Foto: Arquivo PMBC

Secretaria de Saúde inicia agendamento de castrações do Censo Animal em Balneário Camboriú, SC

A Secretaria de Saúde de Balneário Camboriú realizou no ano passado o Censo Animal, que mapeou a população de cães e gatos dos bairros com maior número de animais nas ruas. No questionário aplicado pelas agentes da Estratégia de Saúde da Família (ESF), um dos itens buscava identificar se os animais eram castrados e se os tutores tinham interesse na castração.

Com base no levantamento, a Secretaria de Saúde por meio do Centro de Controle de Pragas Urbanas (CCPU) e com apoio do Conselho de Proteção Animal – (COMPA) iniciou esta semana o agendamento para castração dos animais que os donos manifestaram interesse durante o censo. Serão cerca de 200 castrações neste primeiro agendamento.

O agendamento está sendo feito por telefone, no número informado pelos moradores durante o censo. As castrações começam na segunda quinzena de outubro, em uma clínica veterinária. “Estamos tendo dificuldade para contatar as pessoas, porque não estão atendendo os telefones. Também estamos nos deparando com situações onde o animal já foi castrado ou a pessoa não mora mais aqui”, contou a diretora do CCPU, Geosí de Lima Matos.

A ação vai intensificar o trabalho de castração que já é realizado pelo Município, por meio de convênio com a ONG Viva Bicho. Através do convênio são feitas castrações de animais de rua ou resgatados pela Guarda Ambiental, e também em animais de moradores de baixa renda. O serviço de castração, para estes públicos, é oferecido durante todo o ano, de forma contínua.

Fonte: BC Notícias

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.