Segunda etapa da vacinação antirrábica acontece em Volta Redonda e Barra Mansa, no RJ

Segunda etapa da vacinação antirrábica acontece em Volta Redonda e Barra Mansa, no RJ

A vacinação antirrábica aconteceu em Volta Redonda e Barra Mansa neste sábado, 29. O Colégio Estadual Santos Dumont, em Niterói, foi um dos locais oferecendo as doses gratuitas da vacina. O município teve 18 postos abertos das 8h às 17h para vacinar cães e gatos.O primeiro sábado de vacinação superou as expectativas da Vigilância Ambiental e da Secretaria de Saúde de Volta Redonda, que organiza a campanha. Quase 11,5 mil animais foram imunizados.

O tutor do Tigrão, de 1 ano, contou que tem o cartão de vacina do cachorro desde que ele era um neném. Ele ressaltou ainda que o animal não é bravo e que não ficou com medo da vacina.

Mariana Borges, junto com Domênica Nonato, também levaram as irmãs Luna e Mel, de 3 anos, para vacinar. Mariana acha essencial vacinar as cachorras, que ficaram bastante nervosas na hora de vacinar.

– Elas não gostam. Mel chegou a grudar em mim, para não entrar, mas depois que Luna vacinou, ela deixou que as veterinárias dessem a vacina – contou Mariana.

Para os jovens Mariana e Daniel, que foram levar a cachorra de 9 anos para vacinar, é uma irresponsabilidade não fazer. Silvana de Paula, que tem duas cachorras, a Pipoca, de cinco meses, e a Flor, de 14 anos, afirmou que tem o cartão de vacinação e faz todas as vacinas.

– Fazer a vacinação é muito importante, inclusive, é por isso que a Flor tem uma qualidade de vida tão boa. Em idade de cachorro ela já está velha, mas continua muito saudável. – disse Silvana.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Ambiental do município, Janaína Soledad, o número total de animais em Volta Redonda com indicação para vacina é de 25 mil. O objetivo é imunizar 75% deste público, 18.750 animais.

– Com isso, esperávamos vacinar em torno que 9,5 mil entre cães e gatos, 50% da meta, no último sábado, dia 22. Mas o resultado surpreendeu positivamente e o número foi ainda maior – afirmou Janaína, acrescentando que para este fim de semana, a expectativa é vacinar 8 mil animais.

Entre as Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs) vão funcionar as do Retiro III, na Avenida Antônio de Almeida; Vila Mury; Açude I; Açude II; 249; São Lucas; Eucaliptal; Conforto; Belmonte; Jardim Belmonte; Siderândia; Ponte Alta; Mariana Torres; e Vila Brasília.

Os moradores do Retiro também podem levar seus animais na Escola Municipal Amaral Peixoto para vacinar; no bairro Niterói a Escola Municipal Santos Dumont será posto de vacinação; e no Belo Horizonte, as doses serão aplicadas no CRAS (Centro de Referência à Assistência Social) do bairro.

O secretário de Saúde de Volta Redonda, Alfredo Peixoto, ressalta que a vacina antirrábica é única forma de prevenção segura da doença, e deve ser administrada em animais a partir dos quatro meses.

– É bom alertar que a doença é incurável nos animais e quando transmitida para seres humanos, também pode ser extremamente agressiva e até fatal – ressaltou Alfredo.

Barra Mansa

Em Barra Mansa, a Secretaria de Saúde também realizou, neste fim de semana, nos dias 29 e 30 de setembro, a segunda e última etapa da Campanha de Vacinação Antirrábica na zona urbana contemplando os bairros da Região Leste e demais localidades restantes.

Fonte: Diário do Vale

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.