Ricardo Chicarelli/Grupo Folha

Sema recebeu 784 denúncias por uso de fogos de artifício em Londrina, PR

A Sema (Secretaria Municipal do Ambiente) apresentou os resultados do primeiro Réveillon depois do decreto que proíbe o uso de fogos de artifício que causam barulho. O órgão recebeu 784 denúncias através do Whatsapp até a tarde de quarta-feira (2), ao todo as reclamações atingiram mais de mil e já foram emitidas 93 autuações, com multa no valor de R$ 500. As demais ainda estão sendo apuradas e o secretário Gilmar Domingues Pereira acredita que o número possa chegar a 150. “Temos o cuidado de apurar as informações, mas estamos muito satisfeitos que a população realmente participou. Houve até quem circulou a cidade e informou sobre fogos em diversas regiões. Um verdadeiro fiscal do ambiente”, comemorou Pereira.

Os recursos provenientes das multas serão encaminhados para o Fupa (Fundo Municipal de Proteção aos Animais), criado em outubro do ano passado pela prefeitura. A ideia é utilizar os recursos para trabalhos educativos. A proibição dos fogos é uma reivindicação dos defensores dos animais, mas também atinge às pessoas, especialmente as crianças e os autistas. A OMS (Organização Mundial da Saúde) indica que sons com mais de 55 decibéis podem estressar e prejudicar a saúde, assim como aqueles acima de 85 decibéis podem ser suficientes para causar a perda da audição, especialmente quando acima de 120 decibéis.

A Guarda Municipal e os agentes da CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização de Londrina) auxiliaram a Sema nos trabalhos durante o período de festas, quando foram feitas apreensões de fogos de artifício sendo vendidos de forma ilegal nas vias públicas. Com a proibição, a prefeitura agora pretende dialogar com os comerciantes do setor. “Sabemos que Londrina tem papel importante na região e outras cidades não proibiram os fogos, mas inclusive já houve caso de um comerciante que conseguiu trocar todo o seu estoque por fogos exclusivamente luminosos”, explicou o secretário da Sema.

Londrina segue os passos de outras cidades que evitam os estouros dos fogos. Este ano, São Paulo e Florianópolis também receberam 2019 utilizando apesar os modelos luminosos. A lei não é exclusiva para o Réveillon, e o uso dos foguetes está proibido para qualquer ocasião. As denúncias de uso dos fogos de artifício com efeitos sonoros poderão ser feitas na Guarda Municipal de Londrina pelo número 153 ou através da SEMA de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h, no telefone (43) 3372-4771. Pelo Whatsapp, o número é (43) 99941-7803.

Por Pedro Moraes

Fonte: Folha de Londrina

Apesar da proibição, londrinenses soltam rojões na virada

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.