Bois e vacas ficaram espremidos em caminhão - Foto: Divulgação/PMA

Sequestradores de gado recebem R$ 108 mil de multa por maus-tratos

Ladrões que furtaram 54 cabeças de gado em Goiás e foram flagrados no município de Paraíso das Águas, em Mato Grosso do Sul, receberam multa de R$ 108 mil por maus-tratos. Os animais, de grande porte, estavam confinados em dois caminhões sem estrutura.

Os animais sofreram várias lesões, sete reses morreram e havia fêmeas que estavam prenhes e ficaram machucadas. Os policiais militares ambientais da base de Costa Rica foram acionados por equipes da PM daquele município e da Polícia Civil de Paraíso das Águas.

Os quatro ladrões foram presos em flagrante. “A PMA foi acionada porque os policiais verificaram que os suspeitos colocaram 54 cabeças de gado de grande porte apertadas nos dois caminhões”, informou nota da PMA.

Os infratores, sendo dois de 39 anos e que residem em Três Lagoas; um de 23 anos, que mora em Cassilândia; e outro de 25 anos, que é de Aquidauana, terão que pagar R$ 27 mil de multa cada.

“Além dos crimes de furto e associação criminosa, os infratores responderão por crime ambiental de maus-tratos animais. A pena é de três meses a um ano de detenção”, divulgou a PMA.

Por Rodolfo César

Fonte: Correio do Estado


Nota do Olhar Animal: * A legislação prevê crime de furto e não de sequestro quando se trata de animais. Lamentavelmente ainda são considerados “propriedade”. Por outro lado, é um fato importante o de que os criminosos foram enquadrados não apenas pelo “furto”, mas também pelos maus-tratos.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *