Serra Talhada (PE) está na rota nacional e internacional do tráfico de animais silvestres, diz Ibama; saiba como denunciar – Olhar Animal

Serra Talhada (PE) está na rota nacional e internacional do tráfico de animais silvestres, diz Ibama; saiba como denunciar

A cidade de Serra Talhada está na rota nacional e internacional do tráfico de animais silvestres, segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

A informação foi confirmada, com exclusividade, ao Farol de Notícias por agentes ambientais federais do órgão, durante passagem deles pela Capital do Xaxado no início da semana.

“Aqui na região atendemos várias denúncias. Inclusive, Serra Talhada está na rota do tráfico de animais silvestres no Brasil, inclusive de tráfico internacional”, garantiu um dos fiscais entrevistados, pedindo para não ter identidade revelada.

O motivo do sigilo é justificado frente a ameaças de morte que chegam a sofrer devido as apreensões realizadas aqui na região.

Esta semana, o Ibama notificou um comerciante de aves no bairro da Cohab, que não teve a identidade revelada, informando que ele mantinha em cativeiro cerca de 47 pássaros de 14 espécies nativas da região, o que é proibido.

OPERAÇÃO

De novembro do ano passado até fevereiro de 2018, os agentes federais ambientais do Ibama realizam a Operação Carranca, contra a pesca ilegal na bacia hidrográfica do São Francisco e na passagem por Serra Talhada acabaram recebendo a denúncia anônima.

“Peço que divulguem, que incentivem a comunidade a colaborar conosco registrando denúncias, que poderá ser atendida pelo órgão estadual a CPRH, o Ibama, a secretaria municipal ou até a própria Polícia Militar”, alertou o agente federal ambiental.

Para quem tiver informações sobre novos cativeiros de animais, deve acionar o Ibama usando o sistema Linha Verde 0800-618080.

Por Giovanni Sá Filho

Fonte: Farol de Notícias

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.