O animal foi encontrado por funcionários que acionaram o órgão. (Foto: Adema)

Tamanduá-mirim é resgatado em Laranjeiras, Aracaju, SE

O animal foi encontrado por funcionários que acionaram o órgão.

Um tamanduá-mirim macho foi resgatado pela equipe técnica da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), na manhã desta quinta-feira, 21, em uma unidade industrial do município de Laranjeiras, grande Aracaju. O animal foi encontrado por funcionários que acionaram o órgão para fazer o recolhimento e soltura.

Segundo o técnico ambiental, Daniel Allievi, o animal apresentava um corte em um dos membros posteriores e precisou ser avaliado. “Fizemos a análise completa do animal e realizamos um procedimento para facilitar a cicatrização do local machucado. Como o problema apresentado não causava nenhuma dificuldade motora a ele, realizamos a soltura em uma de nossas áreas de reserva”, explica.

Allievi revela que, por se tratar de um animal silvestre jovem, a recuperação será tranquila, sem necessariamente exigir um trabalho de reabilitação. Por essa razão, o tamanduá foi devolvido à natureza.

Contudo, o veterinário alerta sobre os riscos da manipulação de animais silvestres por leigos. Sobretudo se estiver ferido. “A gente orienta a quem encontrar animais silvestres feridos ou enfermos, a nunca administrar nenhum tipo de medicamento ou realizar qualquer procedimento sem orientação de um médico veterinário. Se o animal encontrado estiver com problemas emergenciais de saúde, o aconselhável é acionar imediatamente a Adema para que possamos realizar o procedimento adequado e seguro”, pontua.

Fonte: Ascom Adema via Infonet

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.