Tartaruga foi encontrada morta na praia de São Domingos, em Ilhéus, no sul da Bahia, no domingo (14) — Foto: Projeto A-mar / Divulgação

Tartaruga de 1,15 metro é encontrada morta após ficar presa em rede de pesca no sul da Bahia

Uma tartaruga da espécie verde, com cerca de 1, 15 metro, foi encontrada morta na praia de São Domingos, em Ilhéus, no sul da Bahia, no domingo (14). Conforme o Projeto A-mar, responsável pela conservação marinha da região, 60 tartarugas foram encontradas mortas só neste ano, na Bahia.

De acordo com Wellington Laudano, sub-coordenador do projeto, o animal foi localizado por volta de 7h30, durante monitoramento diário da equipe. A tartaruga tinha cerca de 70 Kg e morreu depois que ficou presa em rede de pesca e se afogou.

“Nós encontramos a tartaruga durante monitoramento diário da equipe. Ela morreu por emalhe em rede de pesca. Ela ficou presa na rede. Ela tinha engerido muito plástico também”, afirmou Laudano.

Ainda segundo o sub-coordenador, a maioria das tartarugas encontradas mortas este ano foi localizada em Ilhéus.

“A gente monitora uma área que vai de Maraú a Canavieiras. Dessa área, a maior incidência de tartarugas mortas é em Ilhéus. A principal causa das mortes é por emalhe. A segunda maior causa das mortes é por ingestão de lixo. Já a terceira, é por causas naturais. Dos animais encontrados mortos este ano, 55 % foram por emalhe”, completou Wellington.

Uma ação de limpeza entre o 5° Grupamento de Bombeiros Militar (5°GBM) de Ilhéus e a Secretaria do Meio Ambiente (Sema), realizada nas praias de São Miguel e São Domingos, também registou a morte do animal.

De acordo com Wellington Laudano, sub-coordenador do projeto, o animal foi localizado por volta de 7h30, durante monitoramento diário da equipe. — Foto: Projeto A-mar / Divulgação
De acordo com Wellington Laudano, sub-coordenador do projeto, o animal foi localizado por volta de 7h30, durante monitoramento diário da equipe. — Foto: Projeto A-mar / Divulgação
Conforme o Projeto A-mar, responsável pela conservação marinha da região, 60 tartarugas morreram só neste ano. — Foto: Projeto A-mar / Divulgação
Conforme o Projeto A-mar, responsável pela conservação marinha da região, 60 tartarugas morreram só neste ano. — Foto: Projeto A-mar / Divulgação
A tartaruga tinha cerca de 70 Kg e morreu por emalhe, depois que se afogou em rede de pesca. — Foto: Projeto A-mar / Divulgação
A tartaruga tinha cerca de 70 Kg e morreu por emalhe, depois que se afogou em rede de pesca. — Foto: Projeto A-mar / Divulgação

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.