Animais marinhos foram vítimas de crime ambiental — Foto: Divilgação / Instituto Biota

Tartarugas amarradas a pedra são achadas mortas em Ipioca, AL

Durante o trabalho de monitoramento no litoral alagoano técnicos ambientais do Instituto Biota encontraram, na manhã deste sábado (06), na praia de Ipioca, em Maceió, duas tartarugas-marinhas mortas amarradas a uma pedra.

A suspeita é que os animais tenham sidos amarrados a pedra para morrerem afogados, já que as tartarugas necessitam subir a superfície da água para respirar. O suspeito pelo crime ambiental não foi identificado.

Já no litoral sul do estado, na Barra de São Miguel, um golfinho foi achado morto com a língua cortada. O animal foi resgatado pelos técnicos ambientais que estudam a causa da morte.

Técnicos examinam golfinho achado morto — Foto: Divulgação / Instituto Biota
Técnicos examinam golfinho achado morto — Foto: Divulgação / Instituto Biota

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.