Templo flagrado por criação de tigres por seus dentes e peles está pronto para reabrir. Vamos acabar com isso agora!

Turistas são levados com frequência a apoiar a crueldade animal durante a viagem, especialmente nos jardins zoológicos, parques marinhos e atrações de contato físico e selfies com animais selvagens. Sem o conhecimento da maioria desses turistas, os animais utilizados na indústria do turismo são normalmente adquiridos através do comércio ilegal e corrupto de vida selvagem, que está repleto de violações tanto aos direitos dos humanos quanto dos animais. Uma vez pegos para serem usados na indústria, esses animais selvagens cativos são criados para aumentar os lucros, com os filhotes atraindo filas de turistas para alimentá-los com mamadeiras e tirar fotos, e outros vendidos para proprietários particulares ou outros zoológicos de beira de estrada também corruptos.

Há uma atração turística na Tailândia que foi ainda mais longe e foi pega por manter peles e dentes de tigres, evidências que apontam para suas ligações com o comércio ilegal de vida selvagem. A atração, chamada Tiger Temple Co. Ltd., foi forçada a fechar depois que descobriram que eles maltratavam e matavam tigres, mas agora estão prestes a reabrir com outro nome, o Golden Tiger (Thailand) Co. Ltd., onde os turistas poderão tirar selfies com os tigres.

Uma petição no site Care2 afirma que um porta-voz da World Animal Protection disse ao Newsweek que o Tiger Temple era “infame pela maneira como os animais lá sofreram enquanto estava aberto como uma atração turística importante e por suas supostas ligações com o comércio ilegal de vida selvagem. Filhotes de tigre foram encontrados mortos em frigoríficos, alguns em jarros, quando as autoridades tailandesas o invadiram e fecharam. Eles também encontraram peles e objetos feitos de dentes de tigres, evidências de reprodução ilegal e de tráfico de partes de tigres”. Os tigres vivos eram mantidos em jaulas minúsculas e exibiam sinais de zoochosis, como morder a cauda e andar compulsivamente.

O conselheiro chefe da vida selvagem do WWF, Heather Sohl, afirmou: “Nós vimos o número de fazendas de tigres aumentar a uma taxa surpreendente em toda a Ásia nos últimos anos. Isso prejudica os esforços para deter o comércio ilegal e proteger os tigres selvagens devido às fazendas de tigres complicarem os esforços de fiscalização e ao aumento da demanda de produtos e peças. É vital que as fazendas de tigres sejam fechadas”.

Por favor, reserve um momento para assinar a petição e impedir que esse negócio horrível reabra!

Como regra geral, deve-se evitar a todo custo as atrações turísticas que exploram animais com o fim de obter lucro.

E lembre-se de compartilhar este artigo em suas redes sociais como um lembrete para nunca apoiar as atrações turísticas que usam animais!

ASSINE A PETIÇÃO!

Por Natasha Brooks / Tradução de Ana Carolina Figueiredo

Fonte: One Green Planet

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.