Toque seu animal: exames feitos por tutores de animais podem salvar vidas

Toque seu animal: exames feitos por tutores de animais podem salvar vidas

Garantir o bem-estar do pet vai além das horas de brincadeiras. Estar atento à saúde do animal é fundamental para a garantia de uma vida prolongada – e se engana quem pensa que a função é exclusividade dos médicos veterinários. Algumas medidas podem, e devem, ser tomadas pelos próprios tutores diariamente dentro de casa com o objetivo de prevenir eventuais problemas. Uma dessas formas são exames de toque, um processo simples, mas capaz de alertar para o surgimento de doenças.

Os exames de toque têm como objetivo buscar indícios em diferentes partes do corpo do animal que possam apontar algum possível risco para a saúde. Estes riscos podem estar atrelados a doenças motoras, ósseas, sanguíneas e até mesmo à detecção de tumores cancerígenos. Portanto, conhecer os hábitos e principalmente o corpo de seu pet é o primeiro passo para possíveis intervenções médicas.

“A importância da avaliação do seu pet está diretamente ligada à saúde dele, seja na redução de sua alimentação, mudança de comportamento e alterações físicas. Assim você saberá se seu pet precisa ir ao veterinário”, destaca o médico veterinário Ricardo Pontes, responsável pela Petprevent (@petprevent).

Segundo Pontes, as doenças mais fáceis de serem identificadas em casa são a anemia e a displasia coxofemoral. A primeira costuma causar fraqueza, indisposição e perda de apetite. Já a segunda é uma doença que causa degeneração da articulação do quadril dos cães e envolve uma alteração na cabeça do fêmur, que faz o animal ter dificuldade para andar.

Como identificar

Doenças relacionadas ao sistema digestório também podem ser verificadas com o toque na região do estômago. Pressione levemente o abdômen com a mão e observe a reação, caso o pet demonstre algum incômodo pode ser que seja hora de ir ao veterinário.

Por Juan Gabriel 

Fonte: A Critica

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.