Tubarão encontrado na Praia da Joaquina, em SC, pode ter sido morto por golfinhos

Tubarão encontrado na Praia da Joaquina, em SC, pode ter sido morto por golfinhos

Um tubarão morto foi encontrado por surfistas na manhã desta segunda-feira (8) nas areias da Praia da Joaquina, em Florianópolis (SC), com marcas de sangue e diversos machucados, segundo informações da CBN Diário de Santa Catarina. . A espécie, tubarão anequim ou tubarão-mako, é tipicamente oceânica e raramente encontrada em águas rasas, explica o curador do Museu Oceanográfico e do Ecomuseu da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), professor Jules Marcelo Rosa Soto:

— Não é comum um pescador pegar um animal destes e descartar, porque é um animal que vale dinheiro, já que é comestível e que a carna é bem valorizada — diz Rosa Soto.

Por isso, uma das outras possibilidades levantadas é de que o tubarão tenha sido morto por outros animais e arrastado para a costa pela correnteza, explica o professor:

— Este tubarão é predador de filhotes de golfinhos. No Museu Oceanográfico da Univali, temos restos de golfinhos encontrados no estômago destes animais. Os golfinhos adultos costumam matar esses tubarões que se aproximam do grupo.

Funcionário da Autarquia de Melhoramentos da Capital (Comcap) chegaram a enterrar o animal nas dunas. A empresa lançou uma nota esclarecendo que o procedimento padrão é informar a Polícia Ambiental para que recolha o animal e faça a autópsia, ressaltando que a equipe agiu equivocadamente.

Leia a nota:

“A Comcap informa que o corpo do tubarão está sendo desenterrado nesse momento para que seja, conforme padrão operacional estabelecido, comunicado o ocorrido à Polícia Ambiental. Os empregados agiram de forma inadequada, fora do padrão, sem comunicar os encarregados de equipe. Sempre que aparece animal morto na orla, os empregados da Comcap comunicam à Polícia Ambiental que providencia a remoção do animal para encaminhá-lo à autópsia na universidade.”

Fonte: Gaúcha ZH

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.