Tutores de cavalos usados em racha na Rodovia Raposo Tavares são multados em R$ 3 mil

Tutores de cavalos usados em racha na Rodovia Raposo Tavares são multados em R$ 3 mil

A Polícia Ambiental de Sorocaba (SP) autuou, na tarde desta quarta-feira (3), os dois homens que foram flagrados fazendo um  racha de charretes no quilômetro 65 da Rodovia Raposo Tavares, em Mairinque (veja o vídeo do racha abaixo). Os dois homens vão responder por maus-tratos e cada um deverá pagar R$ 3 mil.

De acordo com a Polícia Ambiental, viaturas intensificaram o patrulhamento na região para evitar que novas corridas sejam realizadas. Além disso, os policiais foram até a cocheira para verificar a integridade física dos animais usados na disputa.

O caso ganhou repercussão depois que um vídeo divulgado no domingo (30) mostra uma corrida que chega a impedir o tráfego de veículos na rodovia até que um dos cavalos tropeça e cai em alta velocidade.

Já outras imagens divulgadas em redes sociais  mostram que a prática de rachas entre charretes na Rodovia Raposo Tavares, no trecho que passa por Mairinque, é frequente.

Cavalo de racha foi identificado pela Polícia Civil de Mairinque. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A Polícia Rodoviária diz que faz rondas no trecho, mas nunca flagrou a situação. O capitão Ednaldo Gaidukas afirma que quem flagrar a situação pode entrar em contato com o 190 para registrar a ocorrência e acionar a viatura.

O suspeito que aparece no vídeo sem capacete já foi identificado. Em depoimento, o rapaz negou a prática de corrida e afirmou que estava “exercitando os animais” na via. A polícia também encontrou os dois animais.

O inquérito sobre o caso foi instaurado na segunda-feira (1º) e as imagens foram encaminhadas ao Instituto de Criminalística (IC) na terça-feira (2). Além dos charreteiros, todos os envolvidos nas corridas serão investigados.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.