Vereador e mais 11 são suspeitos de participar de rinha de galo em Oriximiná, PA

Polícia Militar chegou ao local por meio de denúncia anônima. Suspeitos foram detidos e podem responder por maus tratos a animais; vereador nega participação.

246
Animais foram encontrados em gaiolas de madeira (Foto: Reprodução / TV Tapajós)
Animais foram encontrados em gaiolas de madeira (Foto: Reprodução / TV Tapajós)

Doze pessoas foram autuadas por suspeita de participação em rinha de galo em uma fazenda a 10 km de Oriximiná, oeste do Pará, entre eles, o vereador do município, Marcelo Augusto Sarubbi, do Partido Verde (PV), segundo informou a Polícia Militar (PM). A PM chegou ao local depois de uma denúncia anônima. Três galos foram encontrados presos em gaiolas.

Segundo a PM, os envolvidos foram abordados no portão da fazenda e na estrada. Além dos galos, a polícia apreendeu mais de oito gaiolas de madeira e uma quantia estimada em R$ 9.200 que estava com dois envolvidos. Os 11 suspeitos foram levados para a delegacia de Polícia Civil para prestar esclarecimento. Eles devem responder ambiental de mpelo crime aus tratos aos animais.

Ao G1, o vereador Marcelo Augusto Sarubbi negou as acusações e disse que não tem envolvimento com o caso. Sarubbi disse ainda que desconhece a existência do local informado pela PM para a rinha de galo no município de Oriximiná. Por fim, o vereador falou que compareceu na delegacia de Polícia Civil para tomar providências a respeito das acusações.

Por Dominique Cavaleiro

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.