Foto Filton Rosas

Vereadora denuncia caso de maus-tratos a bois em circo em Itabaianinha, SE

A vereadora Kitty Lima (Rede) utilizou a tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) nesta quarta-feira, 26, para denunciar os abusos e maus-tratos contra animais praticados pelo Circo São Geraldo, na cidade de Itabaianinha. Em uma de suas ‘atrações’, o circo convida algumas pessoas da plateia para montar em bois visivelmente estressados, colocando em risco a vida dos animais e também do público.

O fato chocou a vereadora que atua fortemente na política em prol da manutenção dos direitos dos animais, principalmente no combate à violência e maus-tratos. De acordo com Kitty, o estabelecimento está descumprindo o Código Estadual de Proteção Animal.

“A gente luta tanto nesta Casa para combater situações como essa e tentar convencer a população de que animal não é brinquedo para ser usado como objeto de diversão, e pior ainda é quando fazem esse animal sofrer”, lamentou.

Para garantir a audiência da atração, intitulada como ‘touradas’, os animais são submetidos a situação de estresse para que ficarem visivelmente agressivos e, em seguida, são soltos no picadeiro do circo, quando o público é convidado para tentar montá-los com a promessa de pagamento em dinheiro para aqueles que forem bem sucedidos.

“O ato por si só já é considerado ilegal por se enquadrar como maus-tratos como prevê a lei. Ainda assim não há qualquer tipo de segurança para o animal e nem para o público, muito menos a presença de uma equipe médica em caso de feridos nessa brincadeira sem graça”, pontuou Kitty, afirmando que o caso foi denunciado as autoridades competentes que nada fizeram para pôr um fim a situação.

“A ONG de proteção animal Amigo Fiel, ao saber desse caso, tentou chamar a polícia para acabar com esse abuso, mas infelizmente não obteve uma resposta positiva. O advogado Emanuel Matias já está em posse da liminar para barrar essa atrocidade e agora vamos ver se na Justiça conseguimos que o Código Estadual de Proteção Animal seja respeitado porque me parece que o Circo São Geraldo possui as costas quentes na cidade”, afirmou.

Kitty reforçou que o flagrante deste caso é uma prova importante de que crimes contra animais acontecem diariamente, infelizmente, com a anuência de algumas autoridades que nada fazem para frear essa violência. A vereadora fez um apelo para que a população denuncie casos dessa natureza.

“Não podemos fechar os olhos e nem nos calar para esse tipo de crime. Não podemos ser cúmplices da violência que maltrata e mata animais indefesos, por isso eu clamo à população que denuncie qualquer episódio de agressão e maus-tratos”, pediu Kitty.

Por Felipe Maceió

Fonte: FAXAJU

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.