Vídeo: vizinhos flagram tortura a cachorro que é pendurado em árvore em Campo Grande, MS

Vídeo: vizinhos flagram tortura a cachorro que é pendurado em árvore em Campo Grande, MS

Um cachorro foi vítima de maus-tratos, por volta das 14h desta terça-feira (13), no Jardim Canguru, região sul da Capital. As cenas de crueldade foram filmadas por vizinho do autor, que preferiu não ter a identidade divulgada, após ser comunicado por uma outra vizinha da residência, que ouviu o choro do animal.

As imagens foram feitas por cima do muro, quando ambos vizinhos foram verificar o que estava se passando para que o animal chorasse com tanta intensidade. Quando chegaram ao local, os vizinhos constataram que o animal estava suspenso por uma espécie de corrente.

Conforme o vizinho, o proprietário da residência, que seria supostamente o autor dos maus-tratos ao animal, mora sozinho no local e teria problemas psicológicos. Após o fato, conforme o denunciante, parentes dele foram à residência e levaram os animais que lá estavam.

Após verificarem a situação em que o animal se encontrava, os vizinhos comunicaram à Polícia Militar, que foi ao local e localizou o morador, levando-o, posteriormente, para prestar depoimento na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.

Conforme a Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista), local para onde o caso deve ser encaminhado nos próximos dias, após as partes envolvidas serem ouvidas, o inquérito será encaminhado ao Juizado Especial para as devidas providências.

Serviço

Denúncias sobre crimes ambientais, de lesão a turistas e maus- tratos a animais devem ser feitas na Decat, unidade especializada, pelo telefone (67) 3368-6144, que é 24 horas. A delegacia é localizada na Avenida Duque de Caxias, dentro do Aeroporto Internacional de Campo Grande.

Atenção cenas fortes: Devido ao nível de crueldade, a reportagem do Jornal Midiamax retirou algumas cenas do vídeo, onde o animal aparece se debatendo e agonizando.

Por Maisse Cunha

Fonte: Midiamax


Nota do Olhar Animal: A matéria original não informa se o cão filmado sobreviveu.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.