Voluntários se unem e conseguem resgatar gato que estava há dias em cima de árvore enorme; vídeo

Os moradores do Bairro Jardim Panorâmico se uniram e conseguiram resgatar o gato que estava preso há dias em cima de uma árvore enorme em Patos de Minas, MG. Eles contaram com a ajuda de um voluntário com habilidade incomum para escalar árvore. O animal está bem e foi devolvido para a casa do tutor.

O Patos Hoje mostrou o caso na sexta-feira (08). O caso ganhou uma grande repercussão e os moradores resolveram se unir para resgatar o animal. Fabiana de Barros, moradora do Jardim Panorâmico, foi quem idealizou o resgate do animal. Ela contou que dava muita pena passar pelo animal e vê-lo miando dia e noite sem poder fazer nada.

No sábado (09), ela enviou a mensagem para várias redes sociais pedindo ajuda para resgatar o gato. Ela foi para o local por volta das 12h00. Uma escada com cerca de 6 metros foi tomada de empréstimo com um vizinho que trabalha com instalação de redes de internet. No entanto, a escada era muito pequena e era preciso uma pessoa animada a escalar a árvore.

O salvador apareceu às 16h30. “O rapaz estacionou a caminhonete no local e falou que havia visto o pedido de ajuda. Ele então disse que tinha experiência em subir em árvores e foi isso que fez”, contou. O voluntário analisou a árvore para saber se poderia subir e também tampou o buraco onde abelhas faziam morada.

Como a escada era muito baixa para o tamanho do tronco, os moradores tiveram que subi-la no ombro para ele conseguir chegar até um galho, uma operação considerada muito arriscada. Depois, o voluntário desconhecido foi escalando a árvore com uma agilidade impressionante. Em pouco tempo, o rapaz já estava com o gato nas mãos.

Fabiana contou que o animal chegou a morder a mão dele. Em seguida, o rapaz desceu até certa altura e deixou o gato cair em um edredom utilizado pelos moradores para aparar a queda. Após cair, o gato saiu correndo, sem ferimentos. O rapaz também desceu da árvore e saiu do local sem nada dizer.

Fabiana contou que a única informação que soube dele foi que ele se chama “Leno”. “Não sabemos mais nada”, afirmou. O animal já foi devolvido para o proprietário e passa bem. Segundo Fabiana, cerca de 8 pessoas trabalharam para fazer o resgate. “O medo maior foi de que o voluntário caísse da árvore”, contou.

A suspeita do proprietário é de que, como há muitos cães abandonados no bairro, algum desses animais tenha passado um susto maior no gato, o que fez com ele subisse tão alto na árvore. Um adolescente de 12 anos, também morador do bairro, foi quem gravou o vídeo da história que teve um final muito feliz.

Fonte: Patos Hoje

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.