18 kg de plástico removido do estômago de uma vaca na Índia

18 kg de plástico removido do estômago de uma vaca na Índia
A vaca não sobreviveu à sobrecarga tóxica e morreu devido a complicações pós-operatórias

Quase 18 kg de lixo plástico foram removidos em cirurgia do estômago de uma vaca doente que havia sido admitida na Bombay Society for the Prevention of Cruelty to Animals (BSPCA) na cidade indiana de Parela. Infelizmente, o animal não sobreviveu.

“Esse é mais um lembrete para as pessoas pararem de usar produtos de plástico ilegais como sacolas. Nossos veterinários operaram com sucesso a vaca no último dia 30, quando removeram quase 18 kg de lixo plástico do rúmen (um dos estômagos da vaca). No entanto, apesar dos cuidados pós-operatórios, o animal morreu às 10h30 do dia seguinte”, disse o tenente-coronel J. C. Khanna, secretário da BSPCA.

Ele acrescentou que a vaca foi levada pelo seu tutor ao subúrbio de Borivali em 7 de novembro, depois que ela parou de comer. “Primeiro colocamos a vaca em uma dieta líquida e depois examinamos seu estômago. Havia uma massa endurecida acumulada em seu rúmen, que mais tarde descobrirmos serem sacos plásticos descartados e outros lixos que a vaca havia comido enquanto procurava comida”, disse Khanna.

Ativistas dos direitos dos animais reiteraram a necessidade urgente de se parar de usar os sacos plásticos proibidos. “Até hoje, vendedores ambulantes vendem frutas e legumes nessas sacolas plásticas. As autoridades municipais precisam tomar medidas firmes contra esses vendedores ambulantes nas estações ferroviárias e seus arredores”, afirmou um ativista, que pediu anonimato.

Khanna acrescentou que o lixo plástico que chega ao mar também tem afetado as criaturas marinhas.

Por Vijay Singh / Tradução de Alda Lima

Fonte: Times of India

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.