58 pássaros expostos à venda são apreendidos em Boquim, SE

58 pássaros expostos à venda são apreendidos em Boquim, SE

A equipe conseguiu deter um homem, que não conseguiu se livrar de dois pássaros.

A Polícia Militar de Sergipe, através do Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb), flagrou a venda ilegal de 58 aves silvestres, durante uma ação de fiscalização na feira livre do município de Boquim, no centro sul sergipano. O flagrante de crime ambiental ocorreu no sábado, 23.

Seguindo o cronograma de fiscalização em feiras livres do interior, para coibir a captura e o comércio de animais silvestres, a guarnição comandada pelo sargento Rômulo deslocou-se até o município de Boquim, após denuncia anônima, e lá encontrou 58 aves que seriam comercializadas. Os informes davam conta de que no local havia tatus, teiús e, principalmente, pássaros, sendo vendidos abertamente.

A guarnição chegou nas primeiras horas da manhã e, no espaço reservado à venda e troca de objetos usados, ao seguir para abordar um grupo de pessoas, estas correram, abandonando os animais. A equipe conseguiu deter um homem, que não conseguiu se livrar de dois pássaros. As aves foram devolvidas ao habitat natural, sem apresentar sinais de domesticação.

O infrator, um jovem de 20 anos, confessou aos militares que adquirira na feira os dois pássaros da espécie papa-capim que trazia consigo. O indivíduo assinou um termo circunstanciado e responderá por crime ambiental previsto no artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais. As duas aves que estavam em sua posse foram levadas ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Fonte: Jornal da Cidade

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.