75 pássaros que viviam em cativeiro são apreendidos em Barra Mansa, RJ

75 pássaros que viviam em cativeiro são apreendidos em Barra Mansa, RJ

Eles foram recolhidos em operação realizada pela Guarda Ambiental. Denúncias levaram à localização das aves, diz prefeitura.

RJ barra mansa aves1

Uma operação realizada pela Guarda Ambiental entre segunda e terça-feira (2 e 3) terminou com a apreensão de 75 pássaros em Barra Mansa, no Sul do Rio de Janeiro. Segundo a assessoria da prefeitura, as aves eram criadas em cativeiros dos bairros Vila Maria, Vila Coringa, Vista Alegre, Saudade, Ano Bom e Paraíso de Baixo, na Região Leste, onde em apenas uma casa foram encontradas 36 gaiolas.

“O proprietário dos animais foi encaminhado à 90ª Delegacia Legal [Barra Mansa] e responderá por crime ambiental, já que os pássaros eram comercializados por ele”, diz a nota divulgada.

Ainda de acordo com o comunicado, entre as espécies recolhidas estão gralha, sabiá, curió, coleirinho e canário da terra. “Também foi apreendido um pássaro da espécie bico de pimenta, da Amazônia e considerada rara”, explica na nota a secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Izabella Resende Vilela.

RJ barra mansa aves3A apreensão foi realizada após denúncias. A assessoria explica que as aves serão enviadas nesta quarta-feira (4) para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em Seropédica — também no estado do Rio —, para serem reabilitadas e introduzidas ao meio ambiente.

Denúncias de animais criados em cativeiro podem ser feitas pelo telefone (24) 3322-9100, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Nos sábados, domingos e feriados e após as 17h, as ligações são recebidas no telefone (24) 3322-7817. A identidade do denunciante é preservada.

Legislação

Segundo o comunicado da assessoria, quando o animal é entregue voluntariamente, não é emitida a multa, mas se houver resistência, ela pode variar entre R$ 500 e R$ 5 mil por espécie e o infrator pode responder administrativa e criminalmente.

“Segundo o artigo 29 da Lei Federal 9.605, de 1998, regulamentado pelo artigo 24 do Decreto 6.514, de 2007, manter animais silvestres em cativeiro sem a devida licença e/ou autorização do órgão competente é crime”, esclarece a nota.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.