SP campinas 580335 205196773156321 5598511552832091590 n 6418872 H

80% dos atendimentos veterinários na Virada são por fogos

Por Raquel Valli

SP campinas 580335 205196773156321 5598511552832091590 n 6418872

Oitenta por cento dos atendimentos nos hospitais veterinários na virada do ano em Campinas são devido a fogos de artifício, alerta o médico-veterinário Vinícius Vellone, da clínica Juju Pet, que tem experiência de seis anos como plantonista no Réveillon. Na madrugada deste dia 1°, Vellone atendeu o poodle Juninho, de 15 anos de idade, que teve o focinho rasgado pelo pelo cão Ricky, de 9 anos. Os cães moram juntos na mesma casa. “Eles se dão superbem. Convivem há anos e nunca tinham brigado assim”, conta a tutora Juliane Wildemann.

SP campinas 12463577 1215774391765898 1317063674 n 6418820

Segundo o veterinário, a agressão foi causada pelo pavor de Juninho, devido aos fogos. “Fisiologicamente, há uma descarga muito grande dos hormônios de estresse – adrenalina, noroadrenalina e cortisol”, ensina o veterinário.

Além de ficarem agressivos, os animais sofrem desmaios, convulsões, paradas cardio-respiratórias e até chegam a morrer. “Desesperados, correm, fogem, se perdem de casa, são atropelados e têm os membros fraturados. Devido ao pânico, ficam agressivos e acabam brigando”, completa o médico, que já chegou a atender uma Doberman presa na lança de uma grade, apavorada devido aos rojões.

Devido às fugas, o número de animais perdidos nas ruas em Campinas no Réveillon aumenta cerca de 20% aponta a protetora Ana Carolina Pimenta, da ONG Amor de Bicho. “Na Virada, eu pensei: amanhã vamos ter que contar os mortos e recolher os perdidos”, lamenta a fundadora da entidade. Dois dos cães de Carolina, que também são adotados, tiveram que ficar trancados, e, mesmo estando seguros, arrebentaram a porta do quarto.

SP campinas 1929667 604885976359036 6859775461509852844 n 6418849

Uma das voluntárias da ONG, Letícia, encontrou uma cachorra vagando na virada, perdida em frente ao restaurante ‘O Matuto’, próximo ao Taquaral. “Aparenta ter cerca de 3/4 anos e já é castrada. Por favor, nos ajude compartilhando para ela voltar logo para casa”, postou a protetora no Facebook da Amor de Bicho. Quem reconhecer a cachorra ou quiser adotá-la, deve entrar em contato com Letícia pelo WhatsApp (19) 984000102

Quem também encontrou um pet perdido nesta passagem de ano foi o internauta Augusto Souza, que postou um pedido de ajuda na fanpage do Correio Popular.

“Por volta da meia noite, meu filho encontrou esse cachorro no Bairro São Bernardo em Campinas. O cão tem cerca de 4 meses e estava próximo à rua Dr. Pinto Ferraz. Rodei até umas 3h para encontrar os donos, porém não consegui. Já tenho duas fêmeas e moro em apartamento, não posso de forma alguma ficar com ele. Peço a todos que compartilhem a postagem para que chegue ao conhecimento dos proprietários”.

SP campinas 998985 976218672424769 8175062233008053526 n 6419090

De volta para casa

Já quem teve muita sorte foi o cãozinho Romeu, que fugiu de casa no Jardim São Pedro na noite do dia 31, mas foi encontrado pela tutora neste dia 1°. O animal foi resgatado pela protetora Marynes Silva, que o encontrou desesperado, temendo e chorando no Jardim Estoril.

“Ele tomou toda aquela chuva. Estava em pânico, com muito medo. Dei banho, alimentei, dei água e postei no Facebook”, conta a protetora. Romeu ganhou uma roupa de Natal (à esq.) e voltou para casa nesta sexta-feira, depois que o post foi compartilhado por outros protetores na internet. Marynes nem comemorou a passagem de ano.

“Fiquei com ele no colo, o tempo todo, tentando acalmá-lo. Ele só sossegou lá pelas 4h”. Para Marynes, as pessoas deveriam ficar mais atentas a seus pets principalmente nessa época, quando, assustados, os animais fogem mesmo. “Tem que cuidar, ter responsabilidade”, pontua a protetora. “É muito sofrimento pro animal”, completa.

Calmantes

O veterinário Vinícius Vellone recomenda o uso de medicamentos homeopáticos para a ansiedade. “Usei em alguns pacientes problemáticos e já tive reposta que funcionou muito bem. Eles Ficaram calmos e alguns até dormiram. Lembrando que esse tipo de remédio é bem seguro e não traz risco para o animal”, afirma o médico. 

2016

Grupo de Apoio Voluntário aos Animais Abandonados de Campinas (GAAVA) lançou o calendário Oh My Dog&Cat, referente a 2016. A folhinha estampa cães que foram resgatados pela ONG e que estão em busca de um lar. Foram fotografados ao lado de esculturas de gesso feitas por artistas da região.

Tanto as esculturas quanto a folhinha estão à venda na galeria de arte 11.16, no Cambuí, que é parceira da GAAVA. Cada calendário custa R$ 30,00, mas o combo de dois sai por R$ 50,00. Já as esculturas variam de R$ 250 a R$ 350. Estão expostas na galeria, com entrada gratuita e aberta ao público. A mostra termina quando todas as peças foram vendidas.

Os objetivos do projeto são: arrecadar fundos para a entidade, fundada em 2008, originalmente para ajudar os animais do canil municipal, e conscientizar a sociedade em relação ao abandono. Atualmente, há 30 milhões de animais abandonados no Brasil, segundo a Organização Mundial da Saúde. São 20 milhões de cães e 10 milhões de gatos nas ruas.

A ONG vive de doações, com as quais resgata, promove os primeiros-socorros, salva, castra e coloca os animais adoção. Um de seus lemas é: “amigo não se abandona, troca ou compra, se adota!” .

Esta é a 5ª edição do calendário, feito graças à gráfica Adaprint, que arca com 100% dos custos. Foi fotografado por Dreison Medeiros, Guto Gold, Má Helena e Nina Goldenberg, com arte final de Lucas Cardoso e produção de Juliana Valverde e Luiza Testa.

SP campinas 918fbf b8587ccc07f645afa357f71ef4c36eef 6418908

Pode ser comprado tanto na galeria como pela internet, pelo site www.ohmydogcalendario.com, com entrega para todo o Brasil.

Já as esculturas foram feitas pelos artistas Ananda Marchetti, Biel Siqueira, Celly Inatomi, Dibis, Edson Ramos, Gusta Vicentini, Ildeu Lazarinni,Japão, Lucas Paulucci, Luciana Pupo, New Family Crew, Ots, Rhelga Westin e Vini Agostini

O projeto tem apoio do cantor Luciano, da dupla sertaneja formada com Zezé di Camargo.

A galeria de arte 11.16 fica na rua Dr. Emílio Ribas, 1058, no Cambuí, em Campinas. Seu horário de funcionamento é das 9h às 19h, de segunda a sexta-feira; e das 9h às 13h, aos sábados.

Fonte: Correio Popular

MAIS NOTÍCIAS

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.