A troca de experiências entre grupos ativistas

A troca de experiências entre grupos ativistas

Por Ellen Augusta Valer de Freitas

Ellen ativistas

Seja qual for a causa, está cada vez mais claro que trocar ideias entre grupos é benéfico para todos. Independente de ideais diferentes, temos tido experiências muito gratificantes com grupos do exterior, que nos enviam materiais, apoio, publicam nossos artigos em sites da Europa e outros.

Um dos primeiros contatos que tivemos foi com o grupo religioso Vida Universal, que envia materiais para o mundo inteiro.

Ellen ativistas 2

Descobri o endereço deles num daqueles sites de coisas grátis na internet! Enquanto a maioria das pessoas pedia os materiais para jogar num canto, apenas para receber algo “diferente”, ou até mesmo pessoas da causa que pediam os materiais para si e jamais nos informaram da existência deste grupo, nós fomos além e entramos em contato de maneira formal com o grupo na Alemanha e também no Brasil e temos tido uma relação muito legal de troca de conhecimento, divulgação de materiais e ativismo propriamente dito.

Ellen ativistas 3

O primeiro contato aconteceu através do site do Vida Universal, e, a partir daí, em todas as manifestações levamos seus materiais para divulgação, materiais sobre vegetarianismo, contra pesquisas com animais e sobre alimentos orgânicos e cozinha vegana.

Eles têm uma fazenda onde abrigam animais vítimas de caça e também animais domésticos resgatados. Lá eles fazem todo e qualquer tipo de comida vegana, pães maravilhosos, doces e todo tipo de iguaria.

Ellen ativistas 4

Embora nosso grupo não tenha disposição religiosa, e nem pretendemos ter, o fato de eles acreditarem em algo diferente de nós não impede de trocarmos conhecimento e aprendermos. Se aqui no Brasil os grupos de ativismo tivessem essa troca, muita coisa melhoraria para a própria causa – que é o que interessa – não nos esqueçamos disso…

Ellen ativistas 5

Muitos grupos pensam diferente, mas se fazem algo pelos animais, isto é o que importa! Não adianta ter um discurso impecável e na prática apoiar até mesmo publicamente as práticas contra animais, como venho observando ultimamente. Trocando materiais com este grupo tão distante, aprendemos que distância não existe quando há um objetivo maior. Seja por uma crença em divindades, ou mesmo pela crença na justiça, que é a crença comum de quem deseja livrar os animais do sofrimento, estamos todos visando à libertação dos animais. E isto é ótimo!

Ellen ativistas 6

Gostaria de agradecer imensamente este contato que temos com pessoas de Portugal, da Alemanha, Espanha e do Brasil. Todas essas pessoas estão lutando pela mesma causa e é importante manter essa união. Esperamos que isto aconteça também com todos os grupos daqui, mais perto de nós.

Fonte: ANDA


{article 2525}{text}{/article}

Olhar Animal – www.olharanimal.org

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.