A vida por Sebastião Salgado

A vida por Sebastião Salgado
Reprodução/Amazonas Imagens

O Sesc Bauru recebe a exposição fotográfica “Genesis”, o mais recente trabalho do premiado e renomado fotógrafo Sebastião Salgado. A abertura acontece hoje, às 20h, no hall de exposições, e tem entrada gratuita. Em Bauru, a mostra terá 50 fotografias e ficará aberta à visitação até dia 15 de fevereiro de 2015.

Durante dez anos, Salgado viajou a 30 lugares do planeta e registrou em fotografias, sempre em preto e branco, populações humanas e animais, vegetais, paisagens e pessoas em distantes modos da vida urbana, de consumo e da era digital, mantendo as características relacionadas à formação do ser humano no planeta e das espécies retratadas.

Sebastião Salgado, um dos maiores fotógrafos do século XX, esclarece sobre a exposição “Genesis”. “Eu descobri que eu sou natureza, que eu sou um animal como qualquer outro, que todas as outras espécies são tão importantes quanto a minha, que eu não sou a única espécie racional no planeta”.

Desta forma, a exposição é dividida em cinco núcleos, que correspondem a determinados lugares do planeta. Em “Planeta Azul”, são exibidas imagens de paisagens congeladas e seus animais. “Santuários” é composto por imagens de paisagens vulcânicas e peculiares, assim como de suas populações. “África” apresenta uma variedade de imagens do continente, tanto da vida selvagem de determinados animais, quanto de populações tribais. “Terras do Norte” é composto por imagens do norte dos Estados Unidos, do Canadá e de regiões do norte e do oeste da Rússia. “Amazônia e Pantanal” exibem fotografias de paisagens, vegetais e animais destes dois ecossistemas sul-americanos.

Fonte: JCNET

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.