Abandonados em terreno há dois meses, cães são resgatados no AC

Abandonados em terreno há dois meses, cães são resgatados no AC

AC riobranco 9be5d5850d347b1c8cafbae1f7a203a6Dois cães foram resgatados em um terreno abandonado, na manhã deste sábado (17), no Bairro Abrahão Alab, em Rio Branco, por representantes do Ministério Público (MP-AC), policial militar e voluntários da Sociedade Amor a Quatro Patas, após denúncia de vizinhos. A denúncia foi feita ainda no ano passado à Sociedade, que passou as informações para a Polícia Ambiental. O policiamento abriu um processo no MP-AC, para obter uma ordem judicial para entrar no local e resgatar os animais que estavam no espaço há mais de dois meses.

Uma das vizinhas, que pediu para não ser identificada, comprava ração e com a ajuda de um balde amarrado a uma corda levava alimento e água aos animais, por cima do muro. “Quando olhei pela primeira vez eles mal andavam, foi aí que comecei a comprar ração e todo dia deixava pra eles”, diz.

De acordo com a presidente da Ong, Luciana Souza, os vizinhos perceberam que os animais estavam sem alimentos e água, pois o dono do terreno não aparecia há dias no local. Luciana foi informada que o proprietário aparece de vez em quando na propriedade.

“É um terreno murado, não tem casa. Então os moradores nos ligaram pedindo que resgatássemos os cachorros. Estávamos esperando o Ministério Público autorizar nossa entrada no terreno”, conta.

Ainda de acordo com Luciana, representantes da entidade tentaram entrar em contato com o proprietário do local por telefone, mas as ligações não foram atendidas. “Ligamos várias vezes mas ele não atendeu e nem retornou nossas ligações, inclusive, os próprios vizinhos tentaram falar com ele, mas também não conseguiram”, explica.

O promotor Vinícius Menandro, que está respondendo pela Promotoria Especializada de Defesa do Meio Ambiente, explicou que abandonar animais é configurado crime ambiental.

“Nós constatamos uma situação de flagrante delito de maus-tratos. Nesses casos, a Constituição permite o ingresso na residência para resgatar os animais. Nós não conseguimos encontrar o proprietário, os vizinhos disseram que há dois meses ele não aparece na casa. O tutor dos animais vai responder por crime de maus-tratos previsto na lei de crime ambiental”.

O promotor disse ainda que os animais vão passar por uma avaliação em uma clínica veterinária. “Agora eles vão ser encaminhados para receber os primeiros socorros e depois restituídos a uma vizinha que se prontificou a ficar com eles até o tutor se apresentar”, finalizou.

Fonte: Surgiu

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.