Aberração: Empresa que vai gerir Zoo do Rio não precisa ter experiência com animais

Aberração: Empresa que vai gerir Zoo do Rio não precisa ter experiência com animais

Por Berenice Seara

A Prefeitura do Rio lançou licitação para a escolha da empresa que vai gerir o velho e bom Jardim Zoológico.

O processo foi preparado pela Cataratas do Iguaçu S.A., contratada pela administração municipal para preparar os estudos, o projeto e o edital.

Turismo

Segundo o edital, a empresa não precisa ter qualquer experiência em manejo de animais — mas em “gestão de uma única operação e/ou empreendimento de Jardim Zoológico, pontos turísticos, parques ou assemelhados, que possuam controle de acesso e visitação igual ou superior a 300.000 visitantes por ano”.

Basta ter administrado um parque de diversões…

Mas terá de provar, também, que irá contratar, caso vença a licitação, um “profissional de formação superior na área de Ciências Biológicas ou Medicina Veterinária … que comprove a experiência de três anos na atividade de manejo de animais selvagens em cativeiro”.

Ou seja, não precisa saber nada do assunto, desde que indique um profissional (um só!), e garanta que vá contratá-lo no futuro, quando ganhar a disputa.

Fonte: Extra 

Nota do Olhar Animal: Este é mais um fato para expor o pouco caso com a vida dos animais explorados em zoológicos. Não bastasse privá-los da liberdade e mantê-los em condições degradantes, querem submetê-los aos “cuidados” de pessoas sem experiência alguma na lida com os bichos. 

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.