Cães aguardam por adoção, em abrigos da região de Campinas (SP) (Foto: Reprodução/EPTV)

Abrigos de animais da região de Campinas (SP) têm lotação máxima; Valinhos abre feira de adoção neste domingo

Os abrigos de animais da região de Campinas (SP) têm funcionado com a lotação no limite da capacidade. Atualmente, o município tem 80 cães e 90 gatos vítimas de maus-tratos e abandono, que enchem o Departamento de Bem Estar Animal. Em Hortolândia, são 270, enquanto em Valinhos (SP) o departamento abriga 16 animais. A adoção é apontada como a principal solução.

VÍDEO: Abrigos de animais estão com lotação máxima em cidades da região

Para tentar diminuir a lotação dos espaços destinados aos “pets”, o Projeto ‘Vira Lata, Vira Casa’, promove uma feira de adoção, que reúne cultura, música e artesanato, no Centro de Artes, Cultura e Comércio de Valinhos, neste domingo (2). [Confira informações mais abaixo]

Em Campinas, 15 cães e 30 gatos estão liberados para a adoção, mas para levar um animal para casa é necessário preencher alguns requisitos, como ter espaço adequado em casa, família preparada para adotar e compreender o temperamento do bicho.

“Eles chegam doentes, às vezes com fratura, com algum processo mórbido. Nós recuperamos este animal e colocamos para doação”, diz Paulo Anselmo, diretor do Departamento de Bem Estar Animal de Campinas

O coordenador do Departamento de Saúde e Bem Estar Animal de Valinhos, Mauro Pereira da Silva Neto, afirmou que “está difícil atender a demanda de animais da cidade”. Ele relata que 70% dos animais presentes na rua têm ou já tiveram casa, mas acabam fugindo quando os donos permitem que eles saiam sozinhos.

” A gente reabilita aquele animal, os que são sociáveis vão para adoção, os que são menos sociáveis ficam ai até conseguir alguém que queira”, relata Mauro.

Departamentos que abrigam animais na região de Campinas (SP), estão cheios. (Foto: Reprodução/EPTV)
Departamentos que abrigam animais na região de Campinas (SP), estão cheios. (Foto: Reprodução/EPTV)

Vira Lata, Vira Casa

A idealizadora do ‘Projeto Vira Lata, Vira Casa’, Sandra Rossi, diz que a feira de adoção contará com uma linguagem sustentável, espaço kids e várias atrações musicais. Para quem sonha com um novo melhor amigo, ela dá uma dica.

“Não importa se é preto, branco, idoso, novo. O importante é olhar nos olhinhos dele e dizer ‘ quero te adotar e tenho planos para você’ “, afirma.

Serviço

  • Feira de adoção ‘Vira Lata, Vira Casa’
  • Local: Centro de Artes, Cultura Comércio de Valinhos – Avenida dos Esportes, Vila Olivo,
  • Horário: 9h às 17h
  • Entrada: Gratuita

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.