Acusado de atirar em cachorro é preso com arsenal na zona rural de Frutal, MG

Acusado de atirar em cachorro é preso com arsenal na zona rural de Frutal, MG

Ocorrência de posse ilegal de arma de fogo foi registrada pela Polícia Militar de Meio Ambiente nesta terça-feira (25), na cidade de Frutal. Morador de fazenda procurou os policiais informando que deu falta de um de seus cachorros, e pela manhã saiu à procura do animal. Minutos depois ele encontrou o cão morto próximo a um córrego, na divisa de sua  propriedade com outra fazenda.

O cachorro estava com uma perfuração no pescoço proveniente de arma de fogo e, segundo o denunciante, o autor do disparo seria morador da fazenda vizinha.

Diante dos fatos, a Polícia Militar se deslocou até a propriedade e foi recebida pelo proprietário. Ele negou ter atirado em qualquer animal e permitiu a entrada dos policiais na sede da fazenda.

Durante buscas, os policiais encontraram um revólver calibre 32, uma espingarda calibre 12, uma espingarda calibre 36, um rifle calibre 22, uma luneta, dois carregadores de rifle calibre 22, cerca de 100 cartuchos de espingarda calibre 12 intactos, três cartuchos de espingarda calibre 12 deflagrados, onze cartuchos de espingarda calibre 32 intactos, cinco cartuchos de espingarda calibre 28 intactos, sete cartuchos de espingarda calibre 36 intactos; três cartuchos de espingarda calibre 36 deflagrados, 25 munições de revólver calibre 32 intactas, quatro munições de revólver calibre 32 deflagradas, três cartuchos de espingarda calibre 36 deflagrados, 220 munições de revólver calibre 22 intactos, cinco munições de revólver calibre 380 intactas, uma munição de revólver calibre 38 intacta, uma munição de revólver calibre 763 intacta, uma munição de revólver sem marca definida intacta, recipiente contendo pólvora e outro recipiente contendo chumbo.

O homem foi conduzido pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e todo o material foi recolhido e encaminhado para a sede da Delegacia de Polícia Civil.

 Por Tulio Micheli 

Fonte: JM Online

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.