Adapec vai investigar morte de animal durante cavalgada no interior do Tocantins

Adapec vai investigar morte de animal durante cavalgada no interior do Tocantins

Após a repercussão da morte de um animal durante uma cavalgada, na cidade de Pium, A Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) informou que enviou técnicos até a cidade e abriu investigação sobre o caso.O caso aconteceu no final de semana e ganhou repercussão nas redes sociais nessa segunda-feira (3).  As imagens comportalhadas por moradores da cidade mostram um burro ensanguentado na calçada durante o evento.

Por meio da nota, a Adapec disse que não foi informada sobre o evento pela Prefeitura e pelo Sindicado Rural da cidade, que são responsáveis pela organização da cavalgada. A agência informou ainda que quando o técnico chegou à cidade não encontrou o animal, apenas as marcas de sangue e que, se ficar constatado que houve maus tratos, vai acionar a Polícia Civil.

Já a prefeitura contestou a versão da Adapec. A gestão disse que informou sobre a realização do evento e, inclusive, solicitada a presença de um veterinário no local, mas não houve retorno do órgão.

Afirmou ainda que não houve falta de água para animais ou visitantes durante o percurso e que não identificou o dono do burro morto até o momento.

A Adapec disse ainda que vai apurar se há qualquer risco de contaminação por doenças que possam ser transmitidas ao homem pelo animal e que está comprometida com a segurança sanitária deste tipo de evento.

Fonte: Sou Mais Notícias

Animais morrem após participar de ‘Cavalgada Ecológica’ neste fim de semana no Tocantins

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.