Adestrador treina cães de rua em Rio Grande (RS): 'Eles querem o nosso carinho'

Adestrador treina cães de rua em Rio Grande (RS): ‘Eles querem o nosso carinho’

Adestrador há oito anos, o morador de Rio Grande Anderson Silva Souza chama atenção na cidade treinando cães de rua. Ele teve a ideia de ensinar os bichinhos depois que adotou seu primeiro cachorro, o Xirú. “Eles querem o nosso carinho, o nosso amor, a interação com a gente”, destaca.

Vídeo: Adestrador se dedica a treinar cães de rua em Rio Grande.

Os cachorros de rua treinados por Anderson já ajudaram até a impedir assaltos em uma praça, segundo ele. Os exercícios também são importantes para que os animais deixem de ser agressivos.

“É a interação deles com a sociedade, com as pessoas. Que eles interajam para poder serem cães que não demonstrem agressividade, que eles tenham um pouco de carinho das pessoas. Eles são cães exatamente para isso, para socializar com as pessoas e com outros cães também”, acrescenta.

Para adestrar os cães, Anderson conta que precisa ganhar a amizade deles. “Isso é uma coisa bem difícil às vezes, porque ele já tem um trauma… Eles aceitam o carinho, aceitam a comida, mas eles não querem te seguir realmente”, diz.

Essa parceria vem aos poucos, com trabalho e paciência. Um dos ensinamentos de Anderson aos cães é atravessar a rua com segurança.

“Eu já recolhi vários cães atropelados que eu não consegui salvar. Eles passavam na frente dos ônibus e eles não viam os carros que vinham porque o ônibus estava estacionado, e aí aconteciam os atropelamentos”, lembra.

Cães aguardam para atravessar a rua em Rio Grande.

“Bem comportados, sentam no banco, sobem nos monumentos”, comenta o estudante Paulo Cruz, assistindo a um dos treinamentos.

“A gente tem que amar eles como a gente ama o nosso próximo, porque eles não querem nada da gente, não querem nosso dinheiro, não querem a nossa roupa, eles não querem nada superficial. Eles querem a gente”, resume o adestrador.

Treinamentos na rua chamam atenção de moradores em Rio Grande — Fotos: Reprodução/RBS TV

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.