Adolescente chuta e quebra dentes de cachorro em Santa Helena de Goiás; vídeo

Adolescente chuta e quebra dentes de cachorro em Santa Helena de Goiás; vídeo
Momento em que o adolescente é gravado agredindo o animal. — Foto: Divulgação

Um adolescente de 17 anos foi encaminhado à delegacia, na segunda-feira (3), suspeito de chutar e quebrar os dentes de um cachorro, em Santa Helena de Goiás, no sudoeste goiano. O ato foi gravado por câmeras de segurança.

VÍDEO: Polícia identifica adolescente visto chutando cachorro em Santa Helena de Goiás

Por não ter a identidade divulgada, o G1 não conseguiu localizar a defesa do suspeito.

O caso ocorreu na última sexta-feira (30), no Bairro Petrolina. As imagens mostram o momento exato que o cachorro, de porte pequeno, se aproxima do jovem, e ele chuta a cabeça do animal. O cão rolou e foi parar no meio-fio da rua.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Dannilo Proto, o animal foi levado a uma clínica veterinária, onde foram identificados ferimentos na cabeça e dois dentes quebrados. Após o registro do caso, os policiais identificaram o adolescente que aparece nas imagens.

Os pais do garoto não foram encontrados. Por isso, o Conselho Tutelar acompanhou o depoimento do adolescente, na segunda-feira. “Ele diz que foi um ato de reação e não se mostrou arrependido”, contou Proto ao G1.

De acordo com o delegado, ele responderá por ato infracional análogo ao crime de maus-tratos contra animais. O garoto assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado. O processo será encaminhado ao Poder Judiciário.

Animal foi encaminhado a uma clínica veterinária e tratado. — Foto: Divulgação
Animal foi encaminhado a uma clínica veterinária e tratado. — Foto: Divulgação

Por Michel Gomes, G1 GO

Fonte: G1


Nota do Olhar Animal: O cão certamente não mordeu o adolescente, que sequer olha para a própria perna e tão pouco leva sua mão a ela, reações naturais caso tivesse sido ferido. Aparentemente o cachorro apenas latiu para ele, ele o chuta brutalmente e continua andando normalmente.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.