Adolescentes torturam e matam pombo à pancada

Adolescentes torturam e matam pombo à pancada
Três raparigas foram vistas a agredir animal, que deixaram a morrer no meio da rua.

A Real Sociedade pela Prevenção da Crueldade Contra Animais (RSPCA, na sigla original inglesa), emitiu um pedido de informações e procura três adolescentes inglesas que foram vistas a torturar e matar um pombo à pancada no dia 3 de agosto, em Sutton Coldfield, West Midlands, no Reino Unido.

Segundo esta associação, a autoridade inglesa no que diz respeito à investigação de queixas relacionadas com crueldade e maus-tratos a animais, as três raparigas foram vistas na rua a arrancarem penas ao animal. Terão agredido o animal com pontapés e, quando o animal já não se mexia, usaram um pau para bater na cabeça da ave.

A agente da RSPCA que encontrou o animal relata que o pombo estava parcialmente escondido numa sebe, no meio da rua, “em sofrimento atroz”, tendo sido abatido. “Este pobre pássaro sofreu desnecessariamente por causa das ações de três pessoas. Foi claro quando fui recolher o animal que lhe tinham batido muito na cabeça. Tinha muitas lesões, estava em muito mau estado. Tinha a cabeça caída para o lado e tinha convulsões rápidas, o que é sinal de lesões graves no cérebro”, refere Cara Gibbon ao diário inglês Mirror.

Fonte: CM TV / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.