Agentes da Guarda Civil serão capacitados para atuarem em ocorrências de maus-tratos contra animais

Agentes da Guarda Civil Metropolitana de Campo Grande (MS) serão capacitados para atuarem no apoio à fiscalização ambiental à repressão aos maus-tratos a animais domésticos. O treinamento envolve noções das legislações vigentes sobre posse responsável, bem como preparar tecnicamente o agente  para abordagens de atendimento, na identificação adequada da infração, no manejo animal e na condução e conduta a ser adotada.

Ao todo 73  agentes da Patrulha Ambiental e que possuem o Curso de Agente de Apoio à Fiscalização Ambiental irão participar desta primeira etapa, sendo divididos em três turmas.

Entre o conteúdo programático estão noções de definição de bem-estar animal, conceito de maus tratos e termo de vistoria zoosanitária, contenção de cães e gatos  e as legislação vigentes – Federal, Estadual e Municipal, além do diagnóstico da infração e atribuição de orgãos responsáveis. As aulas serão ministradas por profissionais do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ),  médicos veterinários e técnicos, e pelo delegado titular da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista (Decat), Maércio Alves Barbosa.

O Centro de Controle de Zoonoses de Campo Grande recebe uma média de 100 denúncias de maus-tratos contra animais por mês. A denúncia pode ser feita através do telefone (67) 3313-5000.

Fonte: A Crítica 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.