Agentes encontraram crânio de golfinho jovem dentro de bolsa abandonada em aeroporto de Detroit

Agentes encontraram crânio de golfinho jovem dentro de bolsa abandonada em aeroporto de Detroit
Da redação

As autoridades federais fizeram uma descoberta sombria e inesperada em uma bolsa abandonada na semana passada em um aeroporto de Detroit, Michigan. “Havia um crânio de um jovem golfinho”, disse um comunicado emitido na sexta-feira, dia 03, pelo Departamento de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA (CBP, sigla em inglês).

A bolsa foi separada de seus donos durante a viagem e, quando chegou aos Estados Unidos, uma triagem de rotina no Aeroporto Metropolitano de Detroit revelou o que parecia ser um objeto em forma de caveira.

“Após um exame mais aprofundado pelo CBP e pelos funcionários do Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos EUA, foi determinado que o crânio era de um golfinho jovem”, afirmou o comunicado.

O crânio foi entregue aos inspetores para uma investigação mais aprofundada. “É proibida a posse de itens de vida selvagem, especialmente de animais protegidos”, disse Robert Larkin, diretor da agência. “Levamos a sério o contrabando de vida selvagem e trabalhamos em estreita colaboração com nossos parceiros federais no US Fish and Wildlife Service para proteger a vida selvagem e seus habitats”, acrescentou.

Existem restrições e requisitos em relação à importação e exportação de certos peixes, animais selvagens e produtos provenientes deles – e não é a primeira vez que as autoridades dos EUA fazem uma apreensão semelhante.

Em dezembro, oficiais do CBP apreenderam ossos de zebra e girafa que estavam com uma mulher no Aeroporto Internacional Dulles, em Washington. Ela, que viajava do Quênia, guardou os ossos como lembrança, de acordo com as autoridades na época.

Fonte: Brazilian Times