Agricultor é autuado por prender touros pelo focinho com corrente de ferro

Agricultor é autuado por prender touros pelo focinho com corrente de ferro

Um agricultor irá responder por maus-tratos depois de prender dois touros pelo focinho com uma corrente de ferro pesada. A Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista) esteve na propriedade rural que fica no Bairro Santa Emília, em Campo Grande (MS), na tarde desta terça-feira (29).

O delegado titular da delegacia, Maércio Alves Barbosa, foi até o local acompanhado de uma veterinária que constatou que os animais estavam feridos nas narinas por conta do peso das correntes. Os touros se machucam ainda mais quando pisavam sobre elas.

Um boletim de ocorrências por maus-tratos foi aberto contra o tutor que pode sofrer as penalidades que o artigo 32 da lei de crime ambientais 9605/98 impõe. O homem poderá pegar detenção de três meses a um ano e multa. As correntes de ferros usadas para aprisionar os touros foram apreendidas.

 

Por Marcos Rivany 

Fonte: Campo Grande News

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.