‘Ajuda-me por favor’: cão encontrado com mensagem ao pescoço após tutora morrer com Covid-19

‘Ajuda-me por favor’: cão encontrado com mensagem ao pescoço após tutora morrer com Covid-19

Um cão foi encontrado a vaguear num mercado em Lima, Peru, após ficar sem-abrigo quando a sua tutora morreu vítima da Covid-19.

“Olá, o meu nome é Chester. Ajuda-me por favor. O meu dono morreu de Covid-19 e não tenho para onde ir. Não me ignores”, lia-se numa nota que o animal carregava ao pescoço.

A antiga tutora de Chester tinha trabalhado nesse mercado e foram comerciantes do mesmo que, ao saberem da notícia da sua morte, colocaram a nota na esperança de encontrar um novo lar para o canídeo. O cão estava a ser ignorado pelos clientes, que tinham medo de ficar infetados com o coronavírus.

Nataly Oblitas, gerente de um abrigo animal, tomou conhecimento da situação porque também trabalhava nesse mercado e deu-a a conhecer nas redes sociais, onde várias pessoas se ofereceram para acolher Chester. Em 24 horas conseguiram uma família para o acolher.

Quando foi examinado no veterinário, descobriram que tinha Erliquiose, uma doença transmitida por carraças que afetava a visão, mas já está a ser tratado.

CHESTER desayunando 😀🐕🐾

Julkaissut Huellitas Felices Perú Sunnuntaina 30. elokuuta 2020

Chester, o cão resgatado. Foto: Direitos Reservados / Facebook

Fonte: Correio de Manhã / mantida a grafia lusitana original


Nota do Olhar Animal: Animais ficando “órfãos” de seus tutores e em grande parte sendo abandonados à própria sorte são situações que vêm ocorrendo com frequência não só no Peru, como em todo o mundo. Resta a eles contar com parentes e amigos das vítimas da Covid, para acolhê-los ou encontrar para eles um lar. O poder público certamente não está atento a isso.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.