Alerta: Fotógrafo registra mortandade de animais na Estrada Verde, em Mato Grosso

Alerta: Fotógrafo registra mortandade de animais na Estrada Verde, em Mato Grosso

O fotógrafo César Augusto, que costuma registrar as belezas do Pantanal, constatou um sério problema ambiental que vem ocorrendo na Estrada Verde, a MT-040, nova opção viária entre as cidades de Rondonópolis e Cuiabá, desde a conclusão do asfalto em todo seu percurso. Confira, a seguir, o artigo escrito por ele sobre o problema e enviado ao A TRIBUNA:

“MT-040 que recebe o nome de Dr° Elmo Bertinetti, Estrada Verde, via alternativa que faz a ligação entre Rondonópolis e a capital do estado Cuiabá, uma via linda, com paisagens de tirar o fôlego dos transeuntes, muitos animais: antas, jacarés, tuiuiú, tabuiaiás, colhereiros, cervos, enfim, uma variedade de espécies, pois, essa via é uma das entradas para o Pantanal mato-grossense.

Uma grande quantidade de pessoas que nela viajam faz questão de postar em suas redes sociais, sendo empresários, turistas até legisladores que passam pela via. Parece uma febre do momento: a rodovia está liberada para o tráfego mesmo sem estar toda pronta, pois ao passar por lá, por diversas vezes, vi que havia trecho sem sinalização vertical e horizontal.

É fato que a abertura de uma estrada em uma determinada região agrega valor nas propriedades, fomenta a economia, e baixa o custo em toda logística da localidade. Algo que me intriga é como uma estrada que cruza um bioma tão maravilhoso, cerca de 100 km entre distrito de São Lourenço de Fátima e o distrito de Mimoso, foi projetada sem ser pensada na vida da fauna que habita aquele local?

Vejamos: em todo seu trajeto, eu, enquanto um bom observador, vejo muito poucas placas com ilustrações de animais daquela região; não há radares fixos em nenhum ponto da via, cercas condutoras, redutores de velocidades, passagem inferiores de fauna, nada..,

A criação de uma estrada em um bioma causa um impacto negativo gigantesco nas comunidades de vertebrados local, de modo geral. Enquanto para nós humanos as estradas são ligações, para os animais essas estradas são barreiras que isolam as espécies, uma vez que, na vida animal, essas dependem uma das outras para sobreviverem.

As estradas causam medos nos animais, devido ao alto nível de ruído produzido e luminosidade, afetam ainda mais aqueles de hábitos noturnos, sem falar no derramamento de produtos tóxicos no meio ambiente, como óleo, graxas e, até mesmo agrotóxicos, em caso de tombamentos e colisões.

Fica a pergunta no ar: A MT-040 foi construída pensada em preservação ambiental, uma vez que cruza parte do Pantanal mato-grossense, ou será mais uma rodovia da morte para contribuir com a matança das espécies do Pantanal?”

Fonte: A Tribuna