Alunos da Universidade do Algarve, em Portugal, ajudam animais abandonados

Alunos da Universidade do Algarve, em Portugal, ajudam animais abandonados

Em Setembro de 2014 os caloiros de Biologia Marinha e Biologia da Universidade do Algarve foram desafiados pelos seus Académicos (alunos de 3º ano) a realizarem uma praxe solidária e ajudarem o grupo de ajuda animal CIAA. Dois anos depois, esses caloiros são hoje Académicos e propuseram o mesmo aos seus caloiros. Esta praxe solidária parece ter-se tornado tradição nos cursos de Biologia Marinha e Biologia da Universidade do Algarve e realizou-se na passada sexta-feira, 23 de Setembro.  

O CIAA encontrou-se com os caloiros e académicos ao fim da tarde e, com a ajuda da cadela Happy, deu a conhecer o trabalho desenvolvido pelo grupo, falou da importância da esterilização e deu ainda a conhecer o sistema de Famílias de Acolhimento Temporárias (FATs).

No final do encontro os alunos doaram ao CIAA mais de 30 kg de ração e ainda 10 kg de areia de gato.

O CIAA tem actualmente 38 animais a seu cargo, muitos deles doentes crónicos e animais séniores que dificilmente encontrarão uma família, para além das que os acolhem temporariamente. Apesar das dificuldades vividas pelo CIAA os voluntários mantêm-se incansáveis no combate à indiferença e abandono animal.

A doação oferecida pelos alunos será reencaminhada para uma família extremamente carenciada que tem a seu cargo diversos cães e gatos que foram resgatados da rua – alguns deles encontraram já o seu final feliz.

Fonte: Diário Online / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.