Ambiental multa criador em R$ 3,5 mil por manter pássaros em cativeiro

Ambiental multa criador em R$ 3,5 mil por manter pássaros em cativeiro

Foram encontrados um pássaro da espécie João-pinto e um Pássaro-preto, que estavam sem anilhas e que provavelmente tenham sido capturados na natureza.

MS CampoGrande ambiental multa criador passaros cativeiro

Nessa sexta-feira (15) à tarde, policiais militares ambientais de Campo Grande em operação conjunta com fiscais do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) realizaram fiscalização na Capital em um criadouro de pássaros autorizado pelo órgão ambiental e apreenderam dois pássaros que estavam em situação ilegal.

Foram encontrados um pássaro da espécie João-pinto e um Pássaro-preto, que estavam sem anilhas e que provavelmente tenham sido capturados na natureza, o que é ilegal. Além disso, o infrator não mantinha o plantel atualizado junto ao sistema (SISPASS) do órgão, como determina a legislação. Os animais e duas gaiolas foram apreendidos.

O proprietário dos pássaros, residente em Campo Grande, foi autuado administrativamente e multado de R$ 3.500,00. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção. Os pássaros foram encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), na Capital.

A Polícia Militar Ambiental está realizando fiscalização nos criadores amadores e comerciais de aves silvestres licenciados junto ao órgão ambiental. Essa fiscalização deve-se ao fato de que neste ano, o IBAMA repassou todo o controle desses criadores para o Estado. Dessa forma, apesar de este tipo de criação ser importante para minimização do tráfico de animais silvestres, precisa ser monitorado e fiscalizado para que não aconteçam fraudes. Já foram fiscalizados criadores vários criadores da Capital, Chapadão do Sul, Três Lagoas, Costa Rica e Batayporã.

Fonte: A Critica

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.