Ambientalista é atacado por elefante em reserva no Quênia

Ambientalista é atacado por elefante em reserva no Quênia

Um ambientalista sofreu um ataque enquanto observava uma manada de elefantes. Segundo o site G1, o ataque aconteceu no começo deste ano, mas só foi divulgado agora. O britânico Ian Redmond tem uma experiência de mais de 40 anos com animais selvagens e estava na reserva de Monte Elgon, no Quênia, quando o inesperado aconteceu.

O britânico filmava a manada a cerca de 150 metros de distância dos animais e fazia a contagem populacional do grupo, quando uma fêmea correu na direção de Ian. “Ela me chutou como uma bola de futebol”, contou o ambientalista ao programa Outlook, da BBC.

O ambientalista não tinha a intenção de gravar o ataque, o que aconteceu uma vez que a minicâmera estava presa ao corpo do britânico. Mesmo diante do ataque de um animal tão poderoso e de uma pisada que recebeu da fêmea, Ian sofreu somente arranhões, uma luxação no pescoço e teve um ombro deslocado.

Fonte: GNC 


Nota do Olhar Animal: Possivelmente o elefante tomou o ambientalista por caçador. Ou já havia sofrido hostilidades de algum outro humano.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.