Amigos adotam ninhada de cães em despedida de solteiro nos EUA

Um grupo de homens de Michigan voltou de uma viagem de despedida de solteiro em Tennessee com uma cachorra de rua e seus sete filhotes na bagagem.

O noivo Mitchel Craddock, seu pai e cinco amigos estavam em uma viagem de cinco dias a uma cabana na floresta quando uma cachorra, a quem eles deram o nome de Annie, se aproximou da porta. Ela aceitou a comida e a água que eles ofereceram.

Doug Craddock (esquerda) e seu filho Mitchel Craddock posam com a cachorra Annie e o filhote Brimmie em Vicksburg, Michigan, na quarta (26) (Foto: Bryan Bennett/Kalamazoo Gazette-MLive Media Group via AP)
Doug Craddock (esquerda) e seu filho Mitchel Craddock posam com a cachorra Annie e o filhote Brimmie em Vicksburg, Michigan, na quarta (26) (Foto: Bryan Bennett/Kalamazoo Gazette-MLive Media Group via AP)

“Estávamos cozinhando bacon com a porta aberta. Quando percebemos, havia essa cachorra sentada bem na porta da frente. Ela não entrou, mas ficou parada ali”, disse Craddock.

Ao alimentá-la, os amigos perceberam que Annie estava produzindo leite. Eles então a seguiram e encontraram sete filhotes em uma espécie de toca na estrada que levava à cabine.

Brent Witters (esquerda) e Dexter Jennings posam com Finn e Gunner em Vicksburg, Michigan, na quarta (26) (Foto: Bryan Bennett/Kalamazoo Gazette-MLive Media Group via AP)
Brent Witters (esquerda) e Dexter Jennings posam com Finn e Gunner em Vicksburg, Michigan, na quarta (26) (Foto: Bryan Bennett/Kalamazoo Gazette-MLive Media Group via AP)

Os cachorrinhos pareciam ter entre cinco e seis semanas e estavam muito saudáveis, de acordo com o noivo.

“Quando os tiramos do buraco, sabíamos que não poderíamos simplesmente deixá-los, então começamos a pensar para onde iriam”, disse. Segundo ele, o dinheiro que gastariam em cerveja foi usado para comprar ração.

Jake Rowe (esquerda) e Alex Manchester posam com Knox e Rosie em Vicksburg, Michigan, na quarta (26) (Foto: Bryan Bennett/Kalamazoo Gazette-MLive Media Group via AP)
Jake Rowe (esquerda) e Alex Manchester posam com Knox e Rosie em Vicksburg, Michigan, na quarta (26) (Foto: Bryan Bennett/Kalamazoo Gazette-MLive Media Group via AP)

Craddock, que já tinha um labrador chocolate, disse que não pretendia levar nenhum dos filhotes para a nova casa. Sua noiva, no entanto, insistiu para que ficassem com um.

Cada um dos homens ficou com um dos cães, a quem deram os nomes de Brimmie, Rosie, Daisy, Knox, Gunner, Bear e Finn. Os pais de Craddock também ficaram com Annie.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.