Animais agonizam em zoológico abandonado pela guerra no Iraque

Animais agonizam em zoológico abandonado pela guerra no Iraque
O veterinário Amir Khalil avalia o urso sobrevivente em zoológico abandonado em Mosul - SAFIN HAMED / AFP

Por causa da ofensiva das forças iraquianas contra combatentes do Estado Islâmico em Mossul, o zoológico Montazah Al-Morour, na zona leste da segunda maior cidade iraquiana, foi abandonando, deixando os animais à própria sorte. Praticamente toda a coleção que era abrigada na instituição já morreu, seja por ferimentos ou por fome, mas a ação de voluntários de uma ONG internacional tenta salvar os dois únicos animais restantes: um urso e um leão.

A ONG internacional Four Paws, baseada na Áustria, foi a primeira organização ambiental a receber permissão para entrar na cidade de Mossul. De acordo com os ativistas, nos últimos três meses o zoológico esteve no meio do fogo cruzado entre militares e jihadistas. A estrutura sofreu danos significativos e os animais foram dizimados, incluindo uma leoa, macacos e três filhotes de ursos, que foram devorados por predadores famintos ou morreram de fome.

A equipe liderada pelo veterinário Amir Khalil chegou a Mosul na manhã de terça-feira e encontrou o zoológico em escombros. Apenas dois animais estavam vivos, mas exaustos e sofrendo de doenças provocadas pela desnutrição e falta de cuidados básicos. A primeira medida foi fornecer alimentos e primeiros socorros.

“Tanto o urso como o leão tinham problemas na dentição”, disse a ONG, em comunicado. “Além disso, o urso sofria de pneumonia e o leão tinha problemas nas juntas. As jaulas estavam imundas, e foram limpas pela primeira vez em três meses.

Animais agonizam em zoológico abandonado pela guerra no Iraque
O urso apresentava problemas nos dentes e sofria de pneumonia – SAFIN HAMED / AFP

Os voluntários escutaram sons de explosões em partes remotas da cidade enquanto faziam o primeiro atendimento. O programa de emergência, com alimentação e remédio, vai durar as próximas quatro semanas, com o auxílio de voluntários locais.

“A saúde dos animais está longe de ser boa, mas o cuidado veterinário deve ajudá-los a se recuperarem dos tempos mais difíceis e estamos esperançosos de que eles irão se recuperar”.

Animais agonizam em zoológico abandonado pela guerra no Iraque
Os animais foram sedados para serem retirados das jaulas imundas, sem manutenção há três meses – SAFIN HAMED / AFP

Fonte: O Globo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.