Animais ‘de zoológico’ que antes eram negligenciados e maltratados agora prosperam em um santuário

Animais ‘de zoológico’ que antes eram negligenciados e maltratados agora prosperam em um santuário
Imagem: Gunter Nuyts/Shutterstock

Mais de 200 animais exóticos selvagens resgatados da negligência e crueldade do Zoológico de St. Edouard, no Canadá, há cinco anos, encontraram uma nova vida e felicidade no Black Beauty Ranch em Murchison, Texas. Antes confinados em baias semelhantes a calabouços e recintos inadequados, essas criaturas, incluindo tigres, cangurus e uma variedade de outras espécies, agora prosperam em um amplo santuário de 1.400 acres.

A missão de resgate, liderada pela Humane Society International, foi uma resposta às condições terríveis do zoológico, onde as cercas estavam quebradas, as gaiolas estavam roídas e os animais viviam com medo e na miséria. Sue Tygielski, diretora sênior do Black Beauty Ranch, relembra o estado inicial desses animais, muitos dos quais estavam desnutridos, ansiosos e fisicamente debilitados.

“Há cinco anos, esses animais foram resgatados de condições deploráveis”, reflete Tygielski. “Aqui na Black Beauty, suas vidas mudaram em todos os sentidos. Eles estão recebendo cuidados excepcionais, tendo suas necessidades atendidas e recebendo a liberdade de exibir seus comportamentos naturais e ser os animais que merecem ser.”

Entre as histórias de sucesso estão Rachel, Ross e Joey, um trio de cangurus que antes estavam confinados em um pequeno cercado interno, privados de luz solar e espaço. Hoje, eles descansam confortavelmente em seu habitat, tomando sol e aceitando os petiscos dos cuidadores. Doula, a leoa, que antes mostrava sinais de estresse e tentava fugir do zoológico, agora gosta de observar os arredores de um ponto alto em uma área de floresta exuberante.

Serenity e Theodora, os últimos tigres a deixar o zoológico fechado, agora interagem de forma divertida em seu amplo habitat com piscina, enquanto Zuko, a zebra, e Wolfgang, o gnu, criaram uma amizade, aproveitando o espaço aberto e as interações sociais que antes lhes eram negadas.

O Black Beauty Ranch, parte da Humane Society of the United States, é um farol de esperança e compaixão para animais resgatados de várias formas de exploração. Credenciado pela Federação Global de Santuários de Animais, o rancho oferece um abrigo permanente para mais de 600 animais domésticos e exóticos, desde tigres e ursos até primatas e animais de fazenda. Ele exemplifica o poder transformador dos cuidados com os santuários, permitindo que criaturas que antes sofriam recuperem suas vidas e sua dignidade.

Por Trinity Sparke / Tradução de Ana Carolina Figueiredo

Fonte: One Green Planet

Nove razões para não visitar zoológicos

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Deixe um comentário